Governadora visita Forte dos Reis Magos com ministro do Turismo

A governadora Fátima Bezerra, o vice-governador Antenor Roberto e o secretário de Gestão de Projetos e Metas, Fernando Mineiro, receberam o ministro do Turismo, Gilson Machado, na manhã desta segunda-feira (12), em Natal. Juntos, eles vistoriaram a obra de restauro do Forte dos Reis Magos, em visita guiada pelo guia turístico Manoel Nascimento, neto do saudoso Elino Julião. Esta é uma experiência que turistas e potiguares poderão vivenciar ainda em setembro de 2021, quando a fortaleza será entregue à população. A visita contou com a participação da representante do Iphan, Larissa Peixoto.

“Uma honra receber o ministro Gilson em visita especial ao Forte dos Reis Magos restaurado. Estou aproveitado para entregar, pessoalmente, o Projeto do Parque do Forte. Um plano conceitual de intervenções que tem o objetivo de requalificar toda essa área do entorno da fortaleza”, disse a governadora.

“A senhora pode contar com o Ministério do Turismo para o que for preciso. Vamos movimentar o setor, essas pessoas precisam sair dessa pandemia, precisam de emprego. Parabéns por essa bela obra de restauro num dos fortes mais bonitos da América Latina, como também pela obra do Museu da Rampa. Esses equipamentos vão perenizar o turismo do Estado”, disse o ministro. No início da manhã, a chefe do Executivo estadual também acompanhou o representante federal em visita ao Museu da Rampa.

O Forte dos Reis Magos é uma das cinco obras de equipamentos culturais e turísticos que estão sendo tocadas pelo Governo do RN, com recursos próprios, viabilizados pelo empréstimo junto ao Banco Mundial. Somente nesta obra, em específico, foram investidos R$ 4,7 milhões, por meio do Projeto Governo Cidadão e Secretaria de Estado do Turismo.

“Essa é mais uma obra que mostra o cuidado e a prioridade desta gestão com os equipamentos culturais e turísticos que têm impacto para a população local e também para o Turismo, uma de nossas maiores indústrias”, disse Mineiro, destacando que até o final do ano, a exemplo da Edtam e do Papodrómo, já entregues, o Teatro Alberto Maranhão (TAM), a Pinacoteca, a Biblioteca e o Memorial Câmara Cascudo e o Forte dos Reis Magos, estarão à disposição da população e turistas.

“Com o Forte totalmente pronto, o nosso principal equipamento turístico, – e alinhado aos outros equipamentos que o Governo está restaurando – teremos um importante corredor cultural para agregar ao já tão conhecido binômio sol e mar”, completou a secretária de Estado do Turismo, Ana Maria Costa.

A execução abrangeu a restauração de estruturas essenciais, como piso, teto e acessibilidade, com a colocação de corrimãos nas escadarias e readequação das salas de exposição e lojas de souvenires, além do reajuste da passarela de acesso. Atualmente, falta apenas a implementação de dois cabos de energia que farão a ligação da rede elétrica da edificação.

O presidente da Fundação José Augusto, Crispiniano Neto, responsável pela administração do Forte finalizou dizendo que estão sendo feitos levantamentos do acervo museológico para se promover uma exposição histórica com foco nos turistas, estudantes e toda população potiguar. “Quando recebermos o Forte pronto, promoveremos uma grande exposição à altura da edificação histórica, para que todos tenham acesso ao equipamento, e trabalhando também para a candidatura de nossa Fortaleza ao título de Patrimônio Mundial da Humanidade junto à Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura – UNESCO.

Acompanharam a visita, pelo Estado, os secretários de Infraestrutura, Gustavo Coelho; de Tributação, Carlos Eduardo Xavier; de Segurança, Cel. Francisco Araújo. Representantes de entidades do Turismo, como o presidente da Emprotur, Bruno Reis; presidente do Sindtur, Júnior Câmara; presidente da ABIH RN, Abdon Gosson; gerente da ABIH RN, Gabriela Duarte; presidente do Natal Convention Bureau, George Gosson; Presidente da Abav/RN, Michele Pereira e presidente do SHRBS RN, Habib Chalita. Ainda participaram, a deputada federal, Karla Dickson; o deputado federal, Eliéser Girão; o deputado estadual, Ubaldo Fernandes, e o vereador de Natal, Herberth Sena.

HISTÓRICO DE OBRAS
A atual gestão recebeu a obra deste equipamento com apenas 3,97%. Só tendo sido possível retomar às obras por meio de um Termo de Ajustamento de Gestão (TAG) entre o Governo do Estado e o Tribunal de Contas do Estado do RN, acordado em setembro de 2020.

Para concluir, a PS Engenharia LTDA, que é responsável pela obra, solicitou aditivo de prazo, devido à dificuldade – desencadeada pela pandemia – de encontrar no mercado o tipo de cabo específico para a finalização da rede elétrica. O Tribunal de Contas do Estado (TCE RN), que acompanha a obra, concedeu mais três meses para a sua conclusão.

FORTE DOS REIS MAGOS
A edificação militar histórica foi o marco inicial de Natal, fundada em 25 de dezembro de 1599, destacando-se ao lado direito da barra do Rio Potengi (hoje próximo à Ponte Newton Navarro). O equipamento recebeu este nome em função da data de início da sua construção, 6 de janeiro de 1598, dia de Reis pelo calendário católico.
Tombado em 1949, o Forte esteve sob administração da Fundação José Augusto até 2013, quando passou para as mãos do IPHAN. A última obra de recuperação do forte foi feita há mais de 15 anos.

Em maio de 2017, o Forte retornou à gestão do Governo com uma cessão inicial de 20 anos, após quatro anos sob a administração do IPHAN. A condição em que o prédio foi entregue obrigou o início do processo de restauração.