Foragidos da Justiça são mortos em tiroteio com a PM em Martins

Na última quarta-feira, dois foragidos, acusados de roubo e homicídio no interior do Rio Grande do Norte, foram mortos em confronto com policiais militares entre as cidades de Martins e Serrinha dos Pintos. Eles reagiram a uma abordagem do Grupo Tático Operacional (GTO) de Alexandria, em um trecho da RN-79, na subida da Serra, pelo lado Leste.

De acordo com a Polícia Militar, os elementos são Antônio Carlos Pereira do Nascimento, vulgo “Carlinhos Tatuagem”, 22, natural de Umarizal, e Geilson Ferreira de Oliveira, o “Branquinho”, que era natural e residente em Lucrécia.Eles teriam atirado contra os policiais que reagiram à agressão, sendo atingidos por vários tiros. A ação contou também com o apoio da Polícia Civil da região.

A dupla havia sido identificada em atitude suspeita na região, possivelmente planejando roubos na cidade de Martins. O veículo que conduzia os acusados, um Fiat Uno, de cor preta e placa FTO-4260, foi acompanhado pela guarnição e não obedeceu a ordem de parada. Os dois homens tentaram fugir por um matagal, atirando contra os policiais.

No veículo, a PM apreendeu drogas, munições de calibre 380 e dois revólveres calibre 38. Os dois ainda foram socorridos para o Hospital Maternidade de Martins, mas não resistiram.