FORA DE CONTEXTO

As relações interpessoais evoluíram muito e o comportamento da sociedade também. Por esse motivo criou-se um novo processo em que se inseriu a figura do líder em substituição ao chefe ou patrão como eram chamados anteriormente. O líder ganhou uma abrangência muito grande e suas responsabilidades aumentaram vertiginosamente, pois a sua missão saiu do simples atos de mandar para comandar e administrar pessoas de forma harmoniosa, tirando delas o máximo que se pode produzir dentro de uma instituição.

A prova disso é que muitas companhias investiram maciçamente na qualificação de seus profissionais, buscando atender uma demanda interna que necessita de fatores positivos e de incentivos constantes para manter o foco e desenvolver suas atividades com mais vontade. Para isso, o clima dentro das instituições teve que ser modificado, principalmente a forma de se tratar as pessoas para tentar tirar delas o melhor. Isso se tornou de suma importância porque indivíduos satisfeitos produzem mais e contagiam ambientes positivamente na busca do objetivo de atingir com sucesso o planejamento realizado.

Aquelas instituições que insistem em continuar com a metodologia anterior estão fadadas a ficarem para trás e enfrentarem sérias dificuldades para se manter em um mercado competitivo e excludente da era do capitalismo moderno. Por isso, muitos especialistas afirmam que elas estão totalmente fora de contexto e só uma profissionalização mais consolidada pode dar o rumo necessário para suas recuperações e em tempos de crise essa necessidade fica ainda mais evidenciada e a tomada de decisões deve ser milimetricamente pensada e acordada com todos para que não fique cada um puxando a instituição para um lado e no final não chegar a lugar nenhum. Portanto, é preciso ter humildade, sabedoria e, acima de tudo, paciência para que tudo flua no caminho certo.

MAIS DIFICULDADES
A notícia de que o Fundo de Participação dos Municípios (FPM) zerou em diversas prefeituras não foi muito boa para a economia do nosso Estado, isso porque, elas deixaram de quitar dívidas com fornecedores e outros segmentos, evitando que os recursos circulassem e melhorassem um pouco as dificuldades enfrentadas principalmente nas pequenas cidades. Cada data com esse resultado é uma injeção de desânimo nos prefeitos que já acumulam dívidas oriundas de queda nesses recursos.

LEI CORRETA
A lei aprovada no Congresso e sancionada pela presidente Dilma Rousseff, que obriga os presídios a separar por tipo de crime os presos, é necessária e correta. Isso porque não tem condições de um ladrão de galinha, por exemplo, ser colocado na mesma cela de um bandido que matou e estuprou. Agora vai se corrigir uma falha que existia no sistema prisional, mas que ainda vai passar por uma reestruturação das unidades prisionais que pode demorar algum tempo.

ALEXANDRIA
Foi inaugurado em Alexandria o restaurante Fino Sabor, uma opção diferente de lazer que traz novidades da culinária para a cidade, além de pratos variados, cerveja gelada, o Fino Sabor vai preservar a qualidade e o atendimento. Vale a pena conferir esse empreendimento que tem à frente o major Cipriano Correia. Quando estiver em Alexandria vá ao restaurante Fino Sabor saborear o que há de melhor.

PACOTES
A moda agora é pacote de contenção. Em tempos de crise os governos anunciam cortes em despesas para tentar organizar as finanças. Aqui em Mossoró o prefeito anunciou um corte que pretende economizar cerca de nove milhões de reais. Isso para que a prefeitura possa melhorar sua situação financeira e arcar com seus compromissos que, diga de passagem, estão atrasados, principalmente com fornecedores. Alguns estão atrasados há mais de um ano. Uma vergonha para uma administração que queria ser exemplo.

INDECISÃO
A oposição da cidade de Rafael Godeiro continua com seu candidato indefinido, embora o nome de Lobão, que já foi candidato por duas oportunidades, seja sempre o mais cotado. Fontes ligadas a ele confidenciaram que se aparecer outro nome com condições de disputar ele abrirá mão de enfrentar novamente o grupo liderado pelo prefeito Abel Filho, que deve ter como candidata a sua sucessão a ex-prefeita Ludmila Amorim que, por sinal, é uma fortíssima postulante a continuar a administração atual.

PRESÍDIOS
A justiça de vez em quando manda interditar e suspender a remessa de presos para os presídios aqui no Rio Grande do Norte, inclusive em delegacias.  Não restam dúvidas que as nossas unidades prisionais necessitam de reforma e ampliação urgentes, mas não se pode também por causa da super lotação, deixar de prender bandidos.  Situação complicada que merece muita atenção das nossas autoridades, isso porque sai um e entra dez no mundo do crime hoje incentivados, principalmente, pela impunidade.

REELEIÇÃO
Todos os prefeitos que se elegerem em 2016 poderão tentar à reeleição, isso porque a lei que acabava com essa condição para os eleitos pela primeira vez foi aprovada há menos de um ano das eleições e por esse motivo não poderá vigorar para esses mandatos.