Fenaban oferece reajuste de 8,75% e Comando Nacional para acabar greve

Em nova rodada de negociação entre a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) e o Comando Nacional dos Bancários, os representantes patronais ofereceram um reajuste de 8,75%. Embora maior que o valor anteriormente oferecido, os representantes das classe dos trabalhadores avaliam que a proposta ainda não atende os anseios da categoria.

Na última terça-feira, a Fenaban havia oferecido 7,5%, proposta também rejeitada no local de negociação pelo Comando Nacional. Durante a negociação de ontem, o Comando Nacional voltou a afirmar que espera negociar aumento real.

Um novo encontro foi agendado para hoje, em São Paulo. O diretor do Sindicato dos Bancários de Mossoró e Região Oeste, Anchieta Medeiros, informa que a categoria aguarda um desfecho das negociações do comando nacional. Enquanto isso, a greve permanece forte nas agências da região.