Feliz pelo acerto, Radames lembra bons momentos vividos no Potiguar

Confirmada sua volta ao Potiguar, o meia-atacante Willian Radames, manifestou a alegria de voltar a defender esta equipe pela terceira vez. Natural de Tarauacá/AC, com 24 anos Radames chegou em 2013, por indicação de Samuel Cândido técnico na época. Durante sua primeira passagem o meia atuou em 13 jogos, marcando quatro gols. Dos quatro marcados dois deles foram sobre o Alecrim, por 5 a 2, enquanto os outros dois foram diante do América/RN nas decisões da Copa Cidade Natal e Campeonato Estadual de 2013.

Após um ano longe do Time Macho, o atleta acabou retornando ao clube no início da pré-temporada deste ano, mas uma ruptura completa dos ligamentos colaterais do joelho esquerdo, durante um treino realizado no CT Manoel Barreto Filho, no dia 5 de fevereiro, acabou afastando dos gramados por cerca de cinco meses. Ele agora espera melhor sorte, sem contusões para novamente mostrar seu bom futebol.

Em entrevista ao site oficial Radames falou um pouco sobre sua segunda passagem ao Time Macho e a lesão que acabou o afastando do estadual. “Acabei retornado no início deste ano, aonde vinha me sentindo bem fisicamente e treinando junto com o grupo. Tive uma infelicidade de sofrer a lesão no joelho esquerdo, mas graças a Deus estou recuperado. Aproveito a oportunidade para agradecer ao Dr. Luiz Fernando do Potiguar e o Dr. Allan Assunção que realizaram minha cirurgia. Depois da minha primeira passagem que foi vitoriosa, graças a Deus conseguimos o título após 10 anos na fila, onde tive a felicidade de pegar um grupo bom e ser campeão. Graças a eles pude voltar ao clube que fui mais feliz jogando futebol, me sinto em casa e me sinto bem com essa torcida maravilhosa”. Falou.

O atleta declarou ainda, que os dois gols da conquista do Bicampeonato, foram os melhores momentos de sua carreira. “Tive bons momentos aqui no Potiguar. Aquela final do segundo turno, em que marquei o gol do título aos 45 minutos do segundo tempo e a responsabilidade de bater o último pênalti na final do campeonato, acabou se tornando os momentos mais marcantes em minha carreira. Minha expectativa para o estadual de 2016 é a melhor possível, espero fazer um bom trabalho, mas com os pés no chão mantendo a humildade e o respeito ao próximo.” Finalizou.