.

Fátima deve priorizar pagamento de salário dos servidores

O governador Robinson Faria prometeu colocar o salário dos servidores em dia, mas não conseguiu. Intitulou-se o governador da segurança, também a violência não foi contida em sua gestão. Falou que as dificuldades na saúde seriam superadas, inclusive prometendo despachar diariamente no Hospital Walfredo Gurgel, para comprovar que as dificuldades eram resultado de má administração. Por fim, assegurou que o Rio Grande do Norte era um Estado rico, e todas as mazelas eram consequência da má administração. Sai, hoje, do governo, e repassa para a nova governadora, Fátima Bezerra, todas essas dificuldades, sem perspectivas de que a nova administração conseguirá reverter esse quadro administrativo.

Fátima declarou que sua prioridade será colocar em dia os salários dos servidores estaduais e implementar um Plano Estadual de Recuperação Fiscal. Assume cheia de boas intenções, como aconteceu com todos os governadores que lhes antecederam. Disse que, desde o início do processo de transição, a equipe se debruça sobre dados para “buscar as alternativas possíveis para solucionar esse grave e lamentável problema”. “O servidor dá a sua colaboração ao Estado e é imperioso que receba, ao final de cada mês, a sua remuneração. Como governadora não fugirei à essa responsabilidade e envidarei todos os esforços”, afirma.