Estudantes ocupam ônibus em protesto contra descumprimento de rota

Estudantes da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (Uern) e da Universidade Federal Rural do Semi-Árido (Ufersa) ocuparam na noite de segunda-feira, 7, um ônibus em protesto contra o não-cumprimento do itinerário pela linha Abolição. Sem alternativas para voltar para casa à noite, os alunos conseguiram fazer com que o veículo da linha Vingt Rosado realizasse a rota descumprida pelos conjuntos Abolição e os deixasse em casa.

“O ônibus da linha Abolição quebrou e a empresa não mandou nenhum outro para buscar os estudantes nas universidades à noite. Por isso os alunos entraram no ônibus da linha Vingt Rosado e disseram que só sairiam dele se a rota dos Abolições fosse cumprida”, disse a presidente do Diretório Central dos Estudantes (DCE) da Uern, Lidiane Samara.

A presidente do DCE ressalta que os estudantes ainda foram levados até a garagem da Ocimar Transportes e o motorista, mesmo sem resposta da empresa, resolveu deixá-los em casa. Ela conta que uma comissão de alunos registrou reclamação sobre o descumprimento da rota na Secretaria Municipal de Mobilidade Urbana (Semob) ontem.

Questionada sobre a denúncia de descumprimento da linha Abolição pela Ocimar Transportes, a assessoria de comunicação da Semob informou que a empresa foi notificada para prestar esclarecimentos e pagamento de multa.

Lidiane Samara diz que a garantia de cumprimento dos itinerários e substituição de veículos e caso de problemas com os ônibus serão discutidos juntamente com outros temas, como o preço da tarifa, durante a reunião do Fórum de Mobilidade Urbana de Mossoró na próxima terça-feira, 15, no auditório da Biblioteca Municipal Ney Pontes.