Estatísticas apontam redução de assassinatos em 15,21% em Natal e 17,90% em Mossoró

A Câmara Técnica de Mapeamento de Crimes Violentos Letais Intencionais (CVLI) divulgou na sexta-feira (6) os dados de mortes violentas registradas de janeiro a outubro de 2015 no Rio Grande do Norte.
Segundo levantamento da Câmara Técnica, o Estado registrou pelo décimo mês consecutivo redução nos índices de crimes violentos letais intencionais. No acumulado dos meses de 2015 a redução foi de 9,96% no número de CVLIs, caindo de 1.486 em 2014 para 1.338 este ano, o que representa 148 assassinatos a menos neste período.

No mês de outubro passado, a redução foi 8,39% nos índices de CVLIs comparado com o mesmo mês do ano passado, passando de 155 mortes para 142.

Entre os tipos de crimes violentos letais intencionais mais recorrentes, o homicídio ainda é o que apresenta maior índice, com 1.174 casos, no entanto, 8,57% a menos que o mesmo período do ano passado, quando havia registrado 1.287 homicídios.

Já nos crimes de latrocínio, roubo seguido de morte, houve uma redução de 26,92% se comparado com os dez meses de 2014, caindo de 52 para 38 casos. Além disso, houve uma redução de 39,52% nos crimes de feminicídio, caindo de 48 casos em 2014 para 29 nos dez primeiros meses de 2015.

O balanço mostra redução no número de crimes violentos letais intencionais em Natal e Mossoró, os índices caíram de 480 mortes de janeiro a outubro de 2014 para 407 assassinatos no mesmo período deste ano, o que significa uma redução de 15,21%, ou seja, 73 assassinatos a menos na capital.