Doze presos usam túnel para escapar da Cadeia Pública de Mossoró

Na madrugada de ontem, 12 detentos utilizaram um túnel escavado a partir de uma das celas do Pavilhão I da Cadeia Pública Juiz Manoel Onofre de Souza, em Mossoró, para fugirem. A fuga em massa só não foi maior ainda, devido a intervenção do sentinela, que ao perceber o movimento suspeito do lado de fora da unidade prisional, disparou vários tiros para conter os fugitivos.

De acordo com a diretora da Cadeia Pública, Aurivaneide Lourenço, a fuga aconteceu por volta das 2h40. Logo pela manhã, ao realizarem a contagem, faltavam 12 presos. Relatos dos agentes penitenciários de plantão, na hora da fuga, dão conta que o túnel foi cavado na cela IV e os detentos das demais carceragens do Pavilhão, serraram as grades e se encaminharam para o túnel que saía entre duas guaritas desativadas.

Com capacidade para 142 presos, a Cadeia Pública de Mossoró possui pouco mais de 200 apenados, ocasionando assim, superlotação. No final da manhã de ontem, a direção já havia concretado o túnel e reparado os estragos nas celas da unidade.

Fugitivos

– Alberto Soares Souza Dantas Filho
– Alexandre Medeiros Felício
– Daniel Marciel de Araújo
– Jefferson Oliveira de Souza
– Johnatan Maxwell de Souza Nunes
– José Roberto Dias de Araújo
– Júlio Douglas da Silva Fonseca
– Paulo Roberto Celino de Oliveira
– Raimundo Raiele da Silva
– Wemerson Ferreira Pereira
– Wesley Nascimento de Paula
– Valdeilson de Paiva Souza.