Deputados prestam solidariedade a Fernando Mineiro

Na sessão de ontem da Assembleia Legislativa, o deputado estadual Fernando Mineiro (PT) fez pronunciamento sobre sua participação na sessão solene, anteontem, no Senado Federal, em homenagem aos 100 anos de Djalma Maranhão. Durante sua fala, registrou os ataques verbais que sofreu enquanto estava em um shopping da capital federal.

“Antes da homenagem, fui surpreendido por um grupo de aprendizes de fascistas que me agrediram verbalmente. Mas quero dizer que isso não me amedronta. Tenho orgulho da minha trajetória e do meu trabalho. Jamais, em minha trajetória, tive histórico de qualquer ato de ataques pessoais contra adversários políticos. Nunca tive a atitude irracional de agredir ou atacar qualquer adversário meu em terreno pessoal ou fora da atividade parlamentar. Não que eu tenha nascido com isso, mas aprendi a respeitar o diferente”, disse.

Os deputados Vivaldo Costa (Pros), Kelps Lima (SDD), Ricardo Motta (Pros), Hermano Morais (PMDB) e Souza (PHS) se manifestaram em favor de Fernando Mineiro e contra o ato, classificado como desrespeito.

“O deputado é um dos mais respeitosos que conheço. Fernando Mineiro tem respeito pelas pessoas e instituições do Rio Grande do Norte, jamais deveria ser tratado como foi”, disse Vivaldo Costa.
Souza identificou características de intolerância na atitude das pessoas que agrediram o parlamentar. “O intolerante não tem lado, deve ser combatido”, disse.