Deputado Sandro Pimentel faz pronunciamento de combate ao racismo

O Racismo foi o principal tema do pronunciamento do deputado Sandro Pimentel (PSOL), como um dos oradores da sessão plenária da Assembleia Legislativa do Rio Grande do Norte, na manhã desta quinta-feira (10), realizada pelo sistema híbrido, – presencial e remoto.
“O crime de racismo está cada vez mais entranhado na população. Não só no Brasil mas no mundo interior. As nossas origens, são origens negras, o que muito me orgulha”, asseverou o parlamentar.

Ele disse que ficou muito triste com um fato que aconteceu com o fotógrafo Mãozinha que estava em Petrópolis fazendo seus registros com uma máquina fotográfica, o que qualquer pessoa pode fazer. De acordo com o parlamentar, o fotógrafo pediu informação em algumas lojas e um dos lojistas captou a imagem pelo sistema de câmeras e passou para outros colegas lojistas informando que o fotógrafo era uma pessoa suspeita.

“Se fosse eu que estivesse na rua de terno, tirando fotos, alguém iria dizer que eu poderia estar cometendo crime. Um cidadão negro, bem vestido seria confundido com um marginal um criminoso, um assaltante? ”, indagou o deputado Sandro, para em seguida lamentar que quando a pessoa é negra a suspeita é ainda maior.
O deputado também falou sobre o que aconteceu numa partida de futebol na França [os jogadores de PSG e Istanbul Basaksehir decidiram interromper seu jogo pela Liga dos Campeões da Uefa após o ex-jogador camaronês Pierre Webó, da comissão técnica do time turco, acusar o quarto árbitro romeno Sebastian Colţescu de proferir uma ofensa racista] e elogiou o procedimento dos jogadores das duas equipes que se retiraram de campo em protesto por um ato de discriminação do quarto árbitro da partida.

Sandro lamentou ainda o fato de o deputado General Girão, ter sido o único da bancada do Rio Grande do Norte que votou contra em matéria na Câmara Federal de combate à discriminação racial.

O parlamentar também parabenizou o colega de Plenário Kleber Rodrigues (PL) pelo fato de ser sido eleito o Parlamentar do Ano agora em 2020 pelo Comitê de Imprensa da Assembleia Legislativa, em votação ocorrida na terça-feira (8) pelos jornalistas credenciados. “ Kleber mereceu o título tão importante pelo seu trabalho desenvolvido. Ele é um cidadão do bem, de boa índole”, afirmou.