Denys Tavares defende projeto de formação profissional

Falta pouco para as eleições da OAB no estado do Rio Grande do Norte. A votação ocorrerá na segunda-feira, 16, das 9h às 17h. Em Mossoró, o local de votação será na sede da subseccional, localizada na rua Duodécimo Rosado, 1125, bairro Nova Betânia.

Para ter direito ao voto, o profissional advocatício deve estar inscrito na subceccional, estar em dia com as suas contribuições obrigatórias e que esteja em pleno gozo dos seus direitos. Os participantes deverão comparecer no local da votação munidos da carteira de identidade profissional ou outro documento oficial de identificação com foto.

Com a proximidade do pleito os candidatos reforçam suas campanhas. Fortalecer, ampliar e qualificar a formação dos profissionais vinculados à OAB Mossoró é uma das principais propostas da Chapa 20 encabeçada pelo candidato Denys Tavares.

Um dos compromissos para esse eixo é o “Projeto Qualificar”, cujo objetivo é celebrar convênios entre a Escola Superior da Advocacia (ESA) e as Instituições de Ensino Superior (IES) visando o aprimoramento da formação dos advogados, através da pesquisa e extensão de temas de interesse social e institucional, inclusive com viabilização de cursos de mestrado.

Investir em cursos, pesquisas e projetos é uma das maneiras de conectar e atualizar os profissionais a área do Direito, e torná-la ainda mais forte e democrática. Em um mundo onde a velocidade das informações e mudanças é tão rápida, os profissionais precisam do estudo e formação constantes.

“Vamos implementar mecanismos e estabelecer parcerias visando a qualidade do aprimoramento jurídico, a melhor qualificação profissional. Almejamos um advogado sempre estimulado a produção do novo conhecimento”, destacou o candidato a presidente da Chapa 20, Denys Tavares.

Além do Projeto Qualificar, faz parte das propostas de qualificação profissional, melhorias no aprimoramento da pesquisa jurídica, viabilizando acesso à bibliotecas virtuais e a criação de um fórum com os coordenadores dos cursos de Direito da região para estabelecimento de diálogos e metas quanto à melhoria da qualidade dos cursos jurídicos e a valorização dos profissionais.

Investir no aprimoramento dos recém formados e profissionais que já atuam na área da advocacia, é um bem para a sociedade. “Vamos mostrar aos novos profissionais que o estudo é constante e necessário, e aos que já atuam, a necessidade de uma reciclagem, pois unindo esforços de todos os profissionais, formaremos uma sociedade mais justa e conhecedora dos seus direitos e deveres”, destacou o vice-presidente da Chapa 20, Diego Tobias.