Crédito para produtores de camarão da Região Nordeste é ampliado para R$ 500 mi

Linha de crédito tem condições de financiamento mais atrativas para que os produtores possam expandir suas atividades, gerar emprego e renda

O Governo Federal ampliou de R$ 18 milhões para R$ 500 milhões os recursos disponíveis neste ano para os produtores de camarão do Nordeste. O montante faz parte da linha de crédito FNE – Aquipesca, do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste (FNE).

A linha de crédito tem condições de financiamento mais atrativas para que os produtores possam expandir suas atividades, gerar emprego e renda. Em 2020, já foram contratados R$ 24,1 milhões em 190 operações junto ao Banco do Nordeste (BNB). Desse total, cerca de 97% foram realizadas por produtores de micro, mini e pequeno portes.

Dignidade: Auxílio Emergencial ajuda famílias do Nordeste a encarar pandemia

Linha de crédito concedida a pequenos empreendedores chega a R$ 3 Bilhões

Governo Federal divulga balanço do Fundo Constitucional de Financiamento do Nordeste emergencial

De acordo com o governo, pessoas físicas, jurídicas, cooperativas e associações podem contratar o financiamento. Para contratar a linha de crédito, o produtor deve ir em alguma agência do Banco do Nordeste ou solicitar pelo internet, no site bnb.gov.br/solicitaçao-de-credito.

O Rio Grande do Norte é o principal produtor de camarão no país. Segundo pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística), o estado é responsável por 43,2% do total.

Fonte: Brasil 61