CONTROLE DO ESTADO

CID AUGUSTO

 

Li, faz alguns anos, O estado, o poder e o socialismo, de Nicos Polantzas. Terminei convencido de que a instrumentalização da máquina estatal, a partir da indicação de pessoas para cargos-chaves, não é integralmente possível nas democracias.

 

Pluralidade

O serviço público é formado por pessoas de diversas origens e ideologias, de modo que um Paulo Maiurino da vida, aquele da Polícia Federal (PF), sempre encontrará resistência.

 

 

Controle da PF

Cito o nome de Maiurino porque o governo Bolsonaro está sentindo a rebombela da tentativa frustrada de controle da PF. Depois de muita polêmica, botou quem quis na chefia, mas isso não impediu que o ministro Ricardo Salles e o próprio Ministério do Meio Ambiente fossem alvos, hoje, de buscas e apreensões autorizadas pelo Supremo Tribunal Federal (STF).

 

Eis o exemplo

Ministros de Estado e assessores do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) ouvidos pela Folha de S.Paulo entendem que “a indicação do delgado Paulo Maiurino como diretor-geral da Polícia Federal dividiu a corporação e jogou uma parte de seus integrantes contra o governo”.

 

Pazuello

E o depoimento de Pazuello na CPI da Pandemia? Não precisa comentar. A foto de Jefferson Rudy, da Agência Senado, diz tudo.

 

 

Amigos da pinacoteca

Estão abertas as inscrições para o Festival Cores do Interior! Os interessados podem inscrever suas obras até 25 de maio de 2021. Mais informações aqui.

 

Portal embaçado

Os dados do Portal da Transparência da prefeitura de Mossoró estão um tanto embaçados. De ontem para hoje, números foram alterados sem explicação depois de questionamentos sobre verbas destinadas a veículos de comunicação, blogueiros, influenciadores e afins. Quem os divulgou passaria por mentiroso não tivesse providenciado as impressões de tela e de documentos que atestam o suposto erro na municipalidade.

 

 

Suruba não é problema

Jornais do Rio de Janeiro dão conta de que o MC Kevin, de quem nunca havia escutado falar até domingo, caiu da sacada do apartamento em que estava hospedado na Barra da Tijuca depois de uma suruba envolvendo, além dele, dois amigos e uma acompanhante de luxo.

 

MD

O apelo sexual ganhou as manchetes, mas as fantasias eróticas das pessoas não importam, desde que lícitas e consentidas. O ponto grave das investigações ficou em plano secundário nas reportagens: o uso de um alucinógeno altamente potente e perigoso para a saúde humana denominado MDMA, MD ou Michael Douglas para os íntimos, feito em laboratório à base da substância metilenodioximetanfetamina. Tem até música de apologia e esse troço.

 

 

Terça Diminuta

Divido com os leitores o privilégio de receber a versão impressa da obra Terça Diminuta, do poeta Eduardo Ezus, com fotos e ilustrações de Mariana Gandarela. Conheço e admiro o trabalho de Ezus nas redes sociais. O livro, leio ainda hoje.

 

               

 

Careca

Outra grande alegria foi receber três maravilhosas ilustrações de Carlos Careca que simulam impressões xilográficas. Cordel e cangaço são as temáticas.

 

Paixão

Quem me conhece sabe que sou apaixonado por xilogravura, arte introduzida em nossa região pelo jornalista João da Escóssia, no início do século XX, justamente para ilustrar as páginas do jornal O Mossoroense. Careca é artista multifacetado, mestre nas artes plásticas, reconhecido além-fronteiras pelo seu trabalho.

 

 

 

 

Para finalizar

Epigrama, de Gregório de Matos Guerra.