Cheque em branco

A Câmara de Mossoró recebeu ontem o projeto que pede a antecipação dos royalties pagos à prefeitura, projeto que deverá ser prontamente aprovado mesmo que não haja clareza quanto ao valor que será antecipado, muito menos em que este recurso será aplicado. Monstrengo que só nossa límpida política é capaz de proporcionar. Afinal, os royalties serão antecipados com qual objetivo? Até o momento não apareceu um filho de Deus com o poder de esclarecer o objetivo desta ação. Que os vereadores usem da sensatez tão conhecida pelo nosso parlamento e assinem um cheque em branco que poderá servir para “tudo”, ou “nada”, comprometendo parte dos já minguados recursos originados nas nossas cansadas fontes de petróleo.

Feira do Livro
Começa hoje mais uma edição da Feira do Livro de Mossoró. E para a noite de abertura, tem o desafio do repente com o rap, num bato-papo cheio de musicalidade envolvendo o fenômeno da internet Fábio Brazza e o mossoroense Antônio Francisco. O encontro promete.

Leoni
Amanhã o evento receberá sua principal atração, o cantor e compositor carioca Leoni. Leoni ocupará o palco principal do evento para falar de poesia, rock e internet, num bate-papo que contará com a presença deste colunista.

Referência
Além de ser um dos maiores ícones históricos do pop rock brasileiro, Leoni é estudioso dos efeitos causados pela internet na produção e difusão de artes como a música e a literatura. Com livro lançado com dicas para a adaptação a nova era, o bate-papo com Leoni promete.

Definido
O TSE decidiu ontem o destino político da ex-prefeita Cláudia Regina. Cláudia obteve derrota na defesa de 10 processos por unanimidade. Esperado. A eleição de Mossoró em 2012 foi uma das mais escandalosas da história do País. Justiça feita.

Destaques
Durante a sessão dois momentos chamaram a atenção. A participação do advogado Marcos Araújo foi enfática e chocou os ministros. O que externou esta sensação de forma mais clara foi Gilmar Mendes que entre outras coisas destacou que Mossoró não fazia parte do País. Os excessos cometidos na campanha foram vergonhosos.

Ficção real
Ainda com o uso da palavra, Gilmar Mendes relacionou Mossoró à literatura de Jorge Amado ou Gabriel García Márquez. Vale lembrar que obra de Jorge Amado recentemente foi alvo de polêmica no “País de Mossoró”. Já Gabriel García Márquez parece ter se inspirado em Mossoró para escrever Cem Anos de Solidão. Macondo, definitivamente é aqui.

Perda
Ontem, fim de expediente fui surpreendido com a informação da morte do produtor e professor pau-ferrense Israel Vianney. Morte que contrasta com a alegria e vivacidade externada durante toda a vida. Cada um sabe de si melhor do que as aparências indicam. Que Deus conforte a família e possa acolher Vianney.