Gutenberg Costa

Viúvas: umas alegres e outras tristes…

Hoje vou lembrar primeiramente das mulheres. Depois, os homens, os viúvos e suas histórias, antes que me levem a delegacia como machista. Assunto pouco abordado em artigos e crônicas. O genial mineiro Rubem Alves, em uma de suas crônicas,…

O pianista Oriano de Almeida em seu centenário de nascimento

Sempre que chego em aeroportos, rodoviárias ou espaços públicos em cidades do nosso país, me deparo com homenagens retratadas em fotografias imensas de seus filhos ilustres ou daqueles que escolheram aquele chão para suas moradas. Fatos que…

Cem anos do mestre e amigo Veríssimo de Melo

O saudoso amigo e mestre Veríssimo de Melo, agora centenário, que na intimidade da amizade era chamado de ‘Vivi’, nasceu em Natal, no dia 9 de julho de 1921 e veio a se encantar no dia 18 de agosto de 1996, mês dedicado mundialmente ao…

Pequeno Tributo ao Café São Luiz

Hoje, venho lembrar de um finado que não teve o direito a uma missa de corpo presente. De sétimo dia e nem de mês ou ano. Em sua calçada, nem uma vela acesa, bilhetes ou flores de despedidas e lamentos. O sino da catedral nem dobrou.…

Meu amigo e santo Expedito de São Paulo do Potengi

Hoje, vou lembrar de alguns santos e aviso que aqui em casa, os mesmos já estão canonizados há muito tempo. Começo com dois padres e santos. João Maria e Expedito. Um saiu de Caicó e veio ser santo em Natal, já o outro saiu de São Rafael e…

Meus cheiros ainda tão presentes

Infeliz do miserável e imperdoável ‘esquecimento’ sobre o que se passou com a geração de um país. O intelectual Mia Couto sempre enaltece em seus textos o saber dos velhos africanos. Chama-os de verdadeiras bibliotecas ambulantes do saber.…

A despedida de um amor juvenil

Hoje, passadas décadas, venho aqui neste domingo contar uma história íntima tão triste. Guardada na memória a sete chaves. Rascunhada e tantas vezes rejeitada por mim mesmo, para torná-la pública aos meus poucos leitores e leitoras. Nada…

A “condenada” cachaça no Brasil e no RN…

Hoje vou abordar um pouco da nossa cachaça, no nosso RN e Brasil.  Vou deixar lá pra frente, os santos Papas, como também os santos cachaceiros. Não se pode começar uma pesquisa séria, de um tema aqui, sem consultar antes, o papa do…

Um amigo solidário e alegre: Machadinho

Os meus amigos mais chegados já sabem que eu não gosto de hospitais e velórios. Falo sempre de bem e de minha gratidão aos poucos que me fizeram-me o bem, nas horas mais tristes de meu passado. Alguns já se foram e outros como eu,…

Diferenças do casamento da filha do rico para a do pobre

Neste domingo, vou começar recordando uma antiga expressão popular muito dita nas cidades interioranas desse nosso querido e anfitrião Nordeste: “Visita em casa de pobre é desgraça de galinha”. Também já ouvi que em casa de pobre: “Ladrão…