Carta Brasileira para Cidades Inteligentes norteará soluções tecnológicas para desenvolvimento urbano em todo o Brasil

Documento visa orientar a agenda de Cidades Inteligentes para os próximos anos, servindo de alicerce também para que estados e municípios formulem políticas relativas ao tema

O Ministério do Desenvolvimento Regional (MDR) lançou, nesta terça-feira (8), a Carta Brasileira para Cidades Inteligentes. O documento tem como base as premissas da Política Nacional de Desenvolvimento Urbano (PNDU) e visa orientar a agenda de Cidades Inteligentes para os próximos anos, servindo de alicerce também para que estados e municípios formulem políticas relativas ao tema.

A iniciativa deve promover padrões de desenvolvimento urbano sustentável, que levem em conta o contexto brasileiro da transformação digital de “Cidades Inteligentes”. O documento estava sendo elaborado desde agosto de 2019, com participação integrada do Governo Federal, da sociedade civil, da academia e do setor privado.

A Carta conta com o apoio do Projeto Apoio à Agenda Nacional de Desenvolvimento Urbano Sustentável (Andus), que da suporte a governos, instituições e entidades nas esferas federal, estadual e municipal na implementação de estratégias de planejamento e gestão urbana sustentável, com foco na mitigação e adaptação às mudanças climáticas.

Fonte: Brasil 61