Câmara de Mossoró reajusta salários dos vereadores de R$ 12.600 para mais de R$ 15 mil

Reajuste passa a valer a partir de janeiro de 2022.

Na segunda sessão extraordinária realizada nesta semana, a Câmara Municipal de Mossoró aprovou nesta quarta-feira (30) o aumento salarial dos parlamentares de R$ 12.600 para R$ 15.190. Um percentual aproximado de 25%. Devido à pandemia, o reajuste passará a valer a partir de janeiro de 2022.

Aprovada por unanimidade, a decisão favorece diretamente cinco dos atuais parlamentares presentes à votação, que darão seguimentos a seus mandatos: Didi de Arnor; Genilson Alves, Raério Araújo, Ricardo de Dodoca e Zé Peixeiro. O último reajuste de vereadores havia sido em 2016.

Veja quem votou favorável ao reajuste:

Alex Moacir (PP)

Alex frango (PV)

Didi de Arnor (Republicanos)

Genilson Alves (Pros)

João Gentil (Rede)

Manoel Bezerra de Maria (PP)

Maria das Malhas (PP)

Raerio Cabeça (PSD)

Ricardo de Dodoca (PP)

Tony Cabelos (PP)

Zé peixeiro (PP).

 

Na sessão desta terça-feira (29) também foi a provada a redução do número de cargos comissionados na Câmara para adaptar-se às duas novas cadeiras da, que contará agora com 23 edis e também a antecipação do 1/3 de férias dos vereadores de janeiro para este mês, dando oportunidade assim, para que os 17 vereadores atuais que não renovarão mandato, possam ter direito ao pagamento.