Bancários se reúnem em assembleia-geral segunda-feira para avaliar proposta da Fenaban

Em rodada de negociação realizada ontem, a Federação Nacional dos Bancos (Fenaban) ofereceu aos bancários reajuste de 10% sobre as verbas salariais e 14% sobre o tíquete-alimentação/cesta alimentação. Os bancos mantêm a proposta de oferta da Participação nos Lucros e Resultados (PLR) com regra básica igual ao ano passado, conforme Acordo Coletivo assinado no ano passado.

A Comissão Nacional dos Bancários consultará lideranças (federações e sindicatos) sobre a proposta. Para o diretor do Sindicato dos Bancários de Mossoró e Região Oeste, Anchieta Medeiros, houve um avanço nas negociações, mas a proposta somente será avaliada na próxima segunda-feira, em assembleia. O encontro será às 18h, na sede do Sindicato dos Bancários de Mossoró.

Na terça-feira passada, os bancos ofereceram 7,5% de reajuste salarial e na quarta-feira, a oferta passou para 8,75%. Ambos índices recusados pela categoria por não contemplarem nem mesmo a inflação do período. Os bancários reivindicam aumento real.

A greve geral dos bancários já atingiu mais de 13 mil estabelecimentos bancários em todo o país.