Bachata

Dançar faz parte de uma parte de nós. É o momento  que  nos sentimos livres…Belos! A Bachata tem sua importância e influência sobre o amor.   Sua delicadeza nos passos, ritmo  apaixonante e gentil. A Bachata é um ritmo musical e uma dança originária das vizinhanças e dos campos rurais da República Dominicana.  Sob a influência do chamado Bolero Ritmo Latino Americano, que fazia as delícias do povo dominicano dos anos 30 até os anos 50. No entanto, apenas na década de 80 teve o seu reconhecimento e foi lançada mundialmente no intuito de atrair mais visitantes à ilha. O ritmo sofre ainda influência do cha-cha-cha e do tango. Devido ao sucesso do ritmo torna-se muito popular entre grupos sociais marginais como os migrantes que deixaram o campo para morar na cidade. Com o a queda da ditadura de Rafael Leonidas Trujillo, a “libertação” desta subpopulação urbana na República Dominicana torna este gênero musical livre.  As origens do termo “bachata” são desconhecidas, tendo na República Dominicana, pelos habitantes, vários significados em diferentes localidades. Este tipo de dança é conhecido pela sensualidade e leveza dos movimentos dos quadris e do corpo. O passo básico é executado por uma série de etapas simples que produzem um movimento para frente e para trás ou lateral. A bachata foi um gênero marginalizado tanto na música como na dança, apenas possível de ouvir em cabarés ou bordéis. No Brasil, a Bachata chegou primeiro às escolas de dança, sendo muito procurada pelo seu teor “sensual” no jeito de se dançar.  Curiosidade: Bachata desempenha o mesmo espírito melancólico, nostálgico e amar animosidade entre outras expressões musicais latino-americano conhecido como o tango-canção do bairro de Buenos Aires, onde combinaram a animosidade apaixonado (o amor-ódio), com a nostalgia do emigrante e migrantes. Tal como nos conhecemos esta nostalgia Bachata na expressão musical do facto de que este. Pois é, incrível a combinação de música romântica e molejo gostoso para dançar.  Na Bachata tal como no Blues norte-americano, canta-se sobre a dor e dificuldade, o amor e a paixão… Período coincidiu com o pico da cultura suburbana a partir da migração rural-urbana desde 1961. Tal como no Blues norte-americano, canta-se sobre a dor e dificuldade, o amor e a paixão… Mais dançar bachata te faz sentir livre e feliz. A música é apenas um acalanto para nos ajeitarmos fisicamente e mentalmente. “Em gestos leves, em jogo de corpo e em melodia, a vida passa enquanto a dançarina cria mundos inteiros no pequeno espaço de um salão”. Vamos que vamos!