Assassinato de “Chico das Redes” será investigado pela Defur

O assassinato do comerciante Francisco Fauto dos Santos, 37, morto a tiros no início da tarde da quinta-feira passada, será investigado pela Delegacia Especializada em Furtos e Roubo (Defur), por se tratar de latrocínio (roubo seguido de morte). Pelo menos foi o que informou à reportagem do O Mossoroense, a delegada Liana Aragão, titular da Delegacia Especializada em Homicídios (Dehom).

De acordo com Liana Aragão, o crime está sendo tratado como latrocínio, uma vez que a vítima foi alvo dos bandidos e em seguida reagiu à ação, perseguindo os criminosos por várias ruas da cidade, só parando após ser atingido por dois tiros mortais. “Devido ter ocorrido um roubo contra a vítima, o caso configura latrocínio e, desta feita, será investigado pela Defur, muito embora a Dehom vai dar total suporte às investigações, para que os criminosos seja identificados e presos o mais rápido possível”, explicou a delegada Liana Aragão.

ENTENDA
O comerciante “Chico das Redes”, como era conhecido a vítima, teve seu supermercado assaltado por dois elementos, que chegaram em uma motocicleta e, na fuga, os bandidos foram perseguidos pelo comerciante que, em sua caminhonete, tentou capturar os assaltantes. Após percorrerem várias ruas, os bandidos atiraram na vítima, que mesmo ferido ainda tentou procurar socorro, mas não resistiu e morreu dentro do veículo.