AS VAIDADES DO PODER

Existe uma frase bem conhecida que é muito usada no nosso dia-a-dia que diz o seguinte: “Quer conhecer uma pessoa, lhe dê dinheiro e poder”. E não é que ela está em evidência hoje. Muitos porque possuem esses dois atributos não conseguem ser a mesma pessoa de antes. Uns justificam porque as amizades mudam, o nível muda, as rodas de “amigos” são outras e por aí vai. Mas, por que tem essa mudança toda se antes era diferente?.

Essa é uma pergunta fácil de responder até porque o ser humano é mutável e é inserido na sociedade de acordo com a classe social a que pertence, por isso quando se consegue dinheiro e poder automaticamente suas relações interpessoais começam a se modificar e as pessoas com as quais conviviam que eram fiéis, amigos de verdade, que estavam lá nas horas mais difíceis, são esquecidas porque elas deixam de ter valor para dar lugar a outras com o chamado mesmo nível social. E aí, a vida é assim mesmo? Claro que não, são as pessoas que esquecem que vamos para o mesmo lugar quando morrer e por esse motivo a maioria passa a viver num mundo fictício, sem valorizar sua essência e seus verdadeiros amigos e muitas vezes seus pais para conviverem em um mundo que nunca lhes pertenceu.

Muitos depois que perdem esse status são esquecidos e retornam arrependidos pedindo perdão ou até mesmo sem rumo e só aí passam a perceber que aquelas pessoas que desprezou ou não deu o devido valor são as que a recebem de volta sem se incomodarem com sua condição social.

Portanto, essa história de você porque desfruta de certo nível social desprezar ou não valorizar a sua base seja ela familiar ou de amigos tem levado muitos ao fundo do poço, tudo por conta das vaidades do poder que engana e transforma tanto para o bem quanto para o mal.

CHEQUE EM BRANCO
A Câmara Municipal de Mossoró aprovou com maioria absoluta a antecipação dos royalties no valor de 40 milhões de reais para o prefeito fazer o que quiser com esses recursos, já que não foi apresentado com antecedência nenhum plano de investimento ou destinação desse dinheiro. Nem a audiência pública que estava marcada com o aval do Ministério Público foi respeitada e o debate foi prejudicado. Agora é aguardar para ver o que o prefeito irá fazer com esse dinheiro. Espera-se que pague aos fornecedores que estão com atrasos exorbitantes e realize os investimentos que a cidade precisa.

FORÇA DO PODER
A aprovação da antecipação dos royalties só demonstra o quanto o prefeito Francisco José Júnior está fortalecido no parlamento e como foi eficiente na negociação com os vereadores, resta saber se essa decisão dos edis foi acertada até porque esse assunto deveria ter sido melhor debatido e o destino dos recursos deveria ter sido revelado para que a transparência prevalecesse e a população ficasse sabendo de tudo. Agora só resta aguardar para ver qual o passo que a prefeitura irá dá com relação à aplicação dos R$ 40 milhões que irá antecipar. Ainda teremos muita polêmica até lá.

REDUZINDO
Com a aprovação da minirreforma pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE), que reduziu de 90 para 45 dias o período eleitoral, a tendência é que as campanhas fiquem menos onerosas com relação as suas despesas. Com isso, o prazo para filiação se estende até o dia 2 de abril e o da propaganda vai de 26 de agosto até o dia 30 de setembro, ou seja, reduziu de 45 para 35 dias.

CONVENÇÕES E REGISTRO
Ainda de acordo com as mudanças realizadas na minirreforma feita pelo TSE sobre as eleições, ficou evidenciado que o período de convenções foi alterado e agora será do dia 20 de julho ao dia 5 de agosto e o prazo para registro de candidaturas vai até as 19h do dia 15 de agosto de 2016. Portanto, as pessoas que tem a intenção de serem candidatos devem ir se preparando para atender as datas acima divulgadas.

QUEDA ACENTUADA
A maioria dos prefeitos está sentindo de forma direta a queda na arrecadação em todos os níveis, principalmente as pequenas prefeituras que possuem suas receitas baseadas em sua totalidade no Fundo de Participação dos Municípios (FPM). Por isso, as prefeituras estão com tanta dificuldade em honrar seus compromissos, mas existe uma minoria que mesmo tendo outras receitas como royalties, ISS etc, não tem conseguido realizar boa administração.

JOÃO DIAS
A cidade de João Dias perdeu essa semana o seu maior líder, o ex-prefeito Paulo de Tarso, que fez excelentes administrações e que conseguiu unir a cidade em prol de um projeto com candidaturas únicas deixando um legado de obras e de muitos serviços prestados ao povo daquele município. Paulo era um político conciliador e vai fazer muita falta ao povo de João Dias, que tinha por ele um grande carinho e respeito. Daqui nos solidarizamos com a família do grande amigo Paulo de Tarso.

SEM RESULTADOS

Até o momento o brasileiro não percebeu nenhum resultado prático das ações implantadas pelo governo federal.  Isso porque praticamente nenhuma foi colocada em prática, ficando só na mídia e por esse motivo os resultados não aparecem e o povo continua sofrendo as consequências de uma crise sem precedentes.  Toda cadeia produtiva vem sentindo e a população sofrendo com aumentos e mais aumentos. A presidente Dilma Rousseff não consegue se achar.  Infelizmente!.