Árvores de Natal e artigos de decoração natalina começam a enfeitar vitrines das lojas

A pouco mais de um mês do período natalino, as árvores da Natal, os pisca-piscas, os enfeites começam a fazer parte das vitrines das lojas. Mas, embora o período de final de ano seja considerado o melhor para vendas, o comércio ainda não vê razões para celebração e a procura por produtos de decoração é considerada pequena por parte dos lojistas.

O gerente de lojas Irineu Justino Filho diz que não acredita em crescimento de vendas, mas espera uma reação de última hora: “Muitas pessoas guardam este tipo de material de um ano para o outro, então, não podemos falar em índices melhores que dos anos anteriores, mas ainda temos esperança que o comércio possa reagir”.

Dentre as razões para o enfraquecimento do comércio local, o gerente enfatiza a questão que envolve o sistema de táxis de outros municípios na cidade: “Esta questão tem influenciado muito nas vendas, isto é perceptível. As pessoas das cidades vizinhas estão migrando para outros centros devido a este problema dos táxis, mas vamos torcer para que venha a melhorar, esperamos que Mossoró volte a ter um Natal como antigamente”.

Para a dona de casa Júlia Feitosa, ainda haverá uma procura pelos enfeites natalinos: “Ainda é cedo, o brasileiro tem esta mania de deixar tudo para a última hora. Esta é uma época do ano em que todos fazem de alguma forma a sua decoração, isto não vai mudar”, salientou.