Ambiente tenso em debate entre candidatos à presidência do ABC

Faltando menos de uma semana para a eleição que irá eleger o próximo presidente do ABC, a relação entre os candidatos ficou tensa, isso durante a realização de um debate promovido pela Rádio Globo de Natal (Cabugi) e mediada pelo radialista Santos Neto. Seguindo o estilo, disputa partidária por um cargo executivo público, as discussões tomaram o rumo das denúncias e ameaças futuras de retaliações.

O alvo preferido foi o candidato Judas Tadeu, o único entre os três nomes registrados para o pleito, que já possui a experiência de haver ocupado o cargo, como ele mesmo citou durante o debate, por 11 anos. Em particular, o deputado José Adécio usou de critérios para tentar desacreditar o nome de Judas, lembrando de negociações feitas em sua administração envolvendo patrimônio do clube, principalmente a venda de um terreno.

Enquanto Adécio denunciava irregularidade no ato, o outro candidato, prefeito da cidade de Serrinha, Fabiano Teixeira, chamado a falar sobre o tema, disse que promoveria uma investigação quando fosse eleito. Em sua defesa, Judas Tadeu, além de negar o fato, disse que o gesto era um manifesto claro de que existe, segundo ele, uma aliança entre seus adversários para derrotá-lo. Judas, em seu favor, citou ainda que o ABC conquistou 9 títulos quando ele esteve, por 11 anos, na presidência do clube. A eleição no ABC acontecerá dia 14 deste mês.