Alunos e professores da Escola Estadual Freitas Nobre são vítimas de assalto

Alunos e professores da Escola Estadual Professor José de Freitas Nobre, no bairro Costa e Silva, foram vítimas de arrastão dentro da instituição no último sábado, 14. Segundo funcionários, os estudantes estavam na sala dos professores preparando trabalhos extracurriculares quando um elemento armado invadiu a escola, enquanto outro assaltante aguardava do lado de fora em um moto.

“Os bandidos levaram celulares e relógios de quem estava na sala dos professores. Ainda bem que eles não foram também para as três salas onde estavam acontecendo aulas. Ficamos chocados com essa falta de respeito e de segurança. Não é a primeira vez que acontece e não só os professores, mas os alunos também acabam ficando com medo de vir para a escola”, disse uma funcionária que não quis ser identificada.

A diretora da escola registrou queixa do assalto na Delegacia de Plantão ainda no sábado, mas, até o fechamento desta edição, nenhum bandido havia sido preso.

A falta de segurança fez com que a direção da escola suspendesse as aulas no turno noturno este ano. Atualmente, a escola não tem nenhum segurança e, nos finais de semana, nem mesmo porteiro.

No mês de abril passado, a diretora Eliene Bandeira explicou que a medida se devia tanto ao medo de ações criminosas à noite, quanto ao baixo número de alunos inscritos. Na época, Eliene Bandeira disse que solicitou à 12ª Diretoria Regional de Educação e Cultura (Dired) uma equipe de segurança para a escola, mas o pedido foi negado.