O grupo formado por 23 estudantes de Ciência da Computação e pelos professores Leonardo Casillo e Rafael Castelo, deu o primeiro passo para a execução da iniciativa com a aprovação do projeto “Ufersa Vai de Bike”

Alunos de Computação desenvolvem projeto de uso compartilhado de bikes na Ufersa

Um grupo formado por alunos e professores do Centro de Ciências Exatas e Naturais da Ufersa pretende estimular a mobilidade dentro dos campi da Universidade por meio de bicicletas.

Para isso, a equipe desenvolveu um trabalho de pesquisa em sistemas de compartilhamento de bikes, com o objetivo de melhorar o fluxo dentro dos campi da Ufersa com a diminuição de veículos motorizados em deslocamentos internos.

O grupo formado por 23 estudantes de Ciência da Computação e pelos professores Leonardo Casillo e Rafael Castelo, deu o primeiro passo para a execução da iniciativa com a aprovação do projeto “Ufersa Vai de Bike” pela Pró-Reitoria de Extensão e Cultura

 

 

Segundo a equipe, as pesquisas para o projeto vêm sendo desenvolvidas desde 2015 e foram inspiradas na experiência de gerações de bikesharing onde se baseia num sistema de pequeno porte que usa uma simples estrutura e um hardware de controle.

A proposta agora é instalar um projeto piloto na Ufersa em Mossoró composto de duas estações de compartilhamento de bicicletas, sendo uma no Campus Leste e outra no Campus Oeste. Com o projeto piloto, a equipe do projeto poderá avaliar as limitações e o nível de aceitação do público-alvo, que seria toda a comunidade acadêmica.

O Campus da Ufersa em Mossoró possui uma área de aproximadamente 764 metros quadrados, com percursos de mais de 1 quilômetro entre determinados prédios.

“Em virtude disso, o pedestre pode enfrentar problemas como atrasos para compromissos ou fortes exposições ao sol durante o dia-a-dia”, justifica a equipe. Paralelo a isso, a equipe do “Ufersa Vai de Bike”, também pretende levar o projeto para a Campus Party, que vai acontecer no próximo mês em Natal.