Agentes encontram túnel na Penitenciária Mário Negócio e abortam fuga em massa

No início da noite da segunda-feira passada, durante uma revista rotineira, os agentes penitenciários do Complexo Penal Estadual Agrícola Mário Negócio (CPEAMN), em Mossoró, localizaram um túnel em escavação avançada, por onde deveriam fugir cerca de 200 detentos, do regime fechado da unidade prisional. O buraco, com oito metros de extensão, foi escavado a partir de uma cela do Pavilhão III.

“O buraco foi localizado em uma de nossas revistas rotineiras e a escavação já estava bem avançada, em direção ao muro de acesso ao lado exterior da prisão. Felizmente conseguimos encontrar o túnel e identificar os presos que fizeram a escavação”, explicou o vice-diretor José Fernandes, da Penitenciária Mário Negócio.

O vice-diretor disse ainda, que na cela onde o túnel foi achado havia apenas quatro detentos que dividiam o local. “Quatro presos foram responsáveis pela escavação e já foram levados para a solitária. As nossas investigações apontam, que após o túnel ficar pronto, os detentos das demais celas também planejavam fugir”, disse.

Após os detentos suspeitos terem sido retirados da cela, a direção da penitenciária iniciou o fechamento do buraco.