Acusados de matar criança são condenados a mais de 20 anos de prisão

O Tribunal do Júri Popular de Mossoró esteve reunido durante todo o dia da última segunda-feira e parte da noite para julgar dois acusados de terem assassinado a criança Ângela Kelly, 12, no dia 23 de junho de 2013, durante uma festa de aniversário, no bairro Bom Jardim, em Mossoró. Diego Maradona Sousa Soares, 27, foi condenado a 24 anos de prisão e Antônio Tomaz Sousa Neto, 25, sentenciado a 27 anos de reclusão, os dois, inicialmente ficarão em regime fechado.

Segundo informações, a seção do júri teve início às 8h e só foi encerrada no período da noite, após intenso debate da defesa com a acusação. Os dois condenados haviam sido denunciados pelo Ministério Público Estadual por matarem Ângela Kelly Figueiredo de Araújo, Sílvio Severiano da Silva e ainda tentar contra a vida de duas mulheres parentes próximas das vítimas. Constas nos autos do processo, que o ataque aconteceu durante o aniversário da filha de Silvio Severiano, na tarde do dia 23 de junho de 2013, na avenida Alberto Maranhão.

As investigações da Polícia Civil revelaram que, no dia do crime, Diego e Tomaz, que são irmãos, teriam ido matar Sílvio Severiano e acabaram matando a criança também.