Acusado de assassinar ex-namorada tenta se matar após ser preso

Um homem que confessou ter matado e degolado a golpes de canivete a ex-namorada Kassia Fabíola Pereira de Oliveira, 14, no último sábado, tentou se matar na noite de segunda-feira, após ser preso pela Polícia Civil. Weberton Pereira Maciel, 24, desferiu um golpe de faca no seu próprio corpo, quando realizava exames de corpo de delito.

De acordo com a polícia, o suspeito foi encaminhado ao Instituto Técnico e Científico de Polícia (Itep), no bairro da Ribeira, para fazer o exame de corpo de delito. Chegando lá, conseguiu se apoderar de uma faca e efetuar alguns golpes em seu próprio corpo.

O delegado Aldo Leite, que efetuou a prisão do assassino confesso, disse que durante a prisão houve falha na revista de Weberton Pereira Maciel, que conseguiu ficar com a faca escondida.
O suspeito foi ponteado em uma unidade médica e encaminhado à prisão.

ENTENDA
Populares encontraram, no início da noite do sábado passado, o corpo de Kássia Fabíola em uma estrada carroçável na zona rural de Ceará-Mirim. A adolescente viveu durante dois anos com o suspeito, no entanto, o relacionamento havia acabado há poucos dias.

A última vez que a garota havia sido vista com vida foi na manhã do sábado, em companhia do ex-namorado. A adolescente foi esfaqueada no abdômen e teve a garganta cortada.