Serão realizados exames como o de uso de medicamentos impróprios, verificação de pressão arterial e dos níveis de glicose (Foto: Divulgação – PRF).

Ação presta atendimento médico a caminhoneiros em Mossoró nesta quarta-feira

Será realizado em Mossoró nesta quarta-feira, 07 de dezembro, o último Comando de Saúde nas Rodovias (CSR) de 2016, que oferece atendimento médico e exames a motoristas de veículos de carga. O evento acontecerá das 8h às 16h, no posto de combustível Olinda III, situado no Km 38 da BR 304.

Durante o evento, são realizados diversos tipos de avaliações e exames, como a pesquisa de doenças preexistentes, uso de medicamentos impróprios, avaliação do índice de massa corpórea, verificação de pressão arterial, níveis de glicose, acuidade visual e auditiva, campo visual, força manual, grau de sonolência, dentre outros.

“Os Comandos de Saúde buscam detectar alterações de saúde entre motoristas de veículos de carga que, submetidos a longas jornadas de trabalho, não cuidam da própria saúde. As consequências de um acidente envolvendo veículos de grande porte são imprevisíveis, sobretudo quando se trata de produtos que representem risco para o meio ambiente”, destaca a Polícia Rodoviária Federal (PRF) em nota.

Em 2015 foram examinados 462 condutores, que passaram pelos circuitos dos comandos de saúde no RN. Nos resultados apurados, constatou-se um percentual de 63% de motoristas acima do peso, o que os predispõem a doenças do coração. A pressão arterial elevada foi detectada em cerca de 48% dos examinados, e 21% deles apresentaram algum problema de visão.

O Comando de Saúde nas Rodovias é realizado pela PRF, junto com o Serviço Social do Transporte/Serviço Nacional de Aprendizagem do Transporte (SEST/SENAT) e a Secretaria de Estado da Saúde Pública (Sesap), além da Secretaria Municipal de Saúde.

São objetivos dos Comandos de Saúde:

  • Detectar fatores de risco à saúde dos trabalhadores em transporte (caminhoneiros);
  • Educar e orientar os participantes com informações sobre saúde e trânsito;
  • Obter indicadores estatísticos sobre o perfil de saúde dos motoristas profissionais;
  • Reduzir os acidentes nas rodovias.

A obtenção dos indicadores estatísticos tem servido de base para o desenvolvimento de políticas públicas voltadas para ações preventivas em favor da saúde do motorista.