Abrigo Social Temporário para pessoas em situação de rua está de portas abertas há quase dois meses

O Abrigo Social Temporário para pessoas em situação de rua já está com as portas abertas há quase dois meses. A iniciativa da Prefeitura de Mossoró, através das Secretarias do Desenvolvimento Social, Educação e Saúde de abrigar este público foi a preocupação para com a situação da pandemia. O abrigo oferece não apenas um local para ficar, como alimentação, atendimento médico e entretenimento para os abrigados.

O local foi aberto em 7 de abril e já chegou a ter 70 pessoas, hoje são apenas 16. “Temos pessoas que entraram desde o primeiro dia e nas nossas reuniões demonstram muita satisfação de estar aqui, justamente por esta questão de não terem para aonde ir, que se estivessem nas ruas não sabiam a condição de saúde por conta da pandemia, das chuvas, por não ter onde dormir e pela alimentação diária”, explicou a assistente social Valéria Samanta.

20-05-2020 Abrigo - Pacífico Medeiros (31)

Segundo ela, o abrigo tem um sistema que não oferece apenas um teto e a comida. “Aqui eles têm uma perspectiva de garantia de direitos. Para a maioria já conseguimos tirar segunda via de Registro de Nascimento, mesmo de quem é de outro Estado. A gente está conseguindo fazer uma parceria com o ITEP para a segunda via da Carteira de Identidade, para que eles tenham acesso ao auxílio emergencial”, continuou.

O trabalho em conjunto das Secretarias Municipais também está viabilizando todo o atendimento de saúde com consultas semanais e todos os dias da semana com médicos de especialidades diferentes. “Nós temos uma pessoa que está grávida e ela está podendo realizar todo o pré-natal aqui no abrigo. Além disso, a equipe está fazendo contato com os familiares dessas pessoas, eles estão voltando a falar com pessoas que não falavam há muito tempo. O abrigo disponibiliza telefone para este contato”, destacou Valéria Samanta.

20-05-2020 Abrigo - Pacífico Medeiros (15)

Segundo ela, estão sendo realizadas atividades de entretenimento para que eles não tenham tanto tempo ocioso. “Eu acredito que foi uma inovação em Mossoró, um acerto muito grande por parte da Prefeitura de Mossoró. A saída é voluntária. Alguns foram para os seus Estados de origens, para suas famílias. Todos que passaram são muito gratos”, frisou.

O local ainda recebe pessoas e as que entram, de início não ficam em contato com os que já estavam. “Essa pessoa vai para um quarto específico, que é isolamento social, com televisão, jogos. Essa pessoa passa 14 dias isolada lá, passa pela médica e vem para o convívio coletivo”, continuou.

Na tarde desta quarta-feira, 20, as assistentes sociais se reuniram com todos para repassar as orientações do convívio coletivo, ressaltar a importância do uso de máscaras.

 

Prefeitura de Mossoró

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *