A VOLTA DO TOQUE ESPORTIVO – COM SÉRGIO OLIVEIRA

Pode botar seu time em campo, chutar a bola no canto, eu estou voltando. Pode levar a jogada pela linha de fundo, pois se tem esporte no mundo eu estou voltando. Eu estou pronto, firme, forte e vivo. Pois se tem toque de letra na área marcando um gol de placa, esse toque é o esportivo. Pois é, tirando onda e tentando fazer rima, embora não seja essa minha praia, eu quero apenas manifestar a minha alegria de retornar as páginas, seja qual for o formado, do jornal O Mossoroense. Minha casa durante 31 anos, se não falha a memória e a minha péssima qualidade em trabalhar com os números, estamos de volta depois de uma breve ausência depois dos caminhos online enveredados por esta folha centenária. Agradeço ao amigo Cid Augusto pela confiança e aqui estamos para conversamos sobre o esporte nesse espaço. Espero não ser atrapalhado pelo ferrugem e, acima de tudo, espero contar com o acesso e leitura dos amigos. Forte abraço a todos e vamos à luta mais uma vez.

 

RODADA DECISIVA DO ESTADUAL

Já começamos o Toque Esportivo em clima de decisão. É que nesta quarta-feira, 28, acontecem os jogos que irão apontar os dois finalistas da Copa Cidade do Natal, que é o primeiro turno do Campeonato Estadual de futebol profissional, versão 2021. Três equipes brigam por duas vagas. São elas: Globo, América e, correndo por fora dependendo de uma combinação de resultados, o ABC.

Vamos aos jogos de hoje: América x Potiguar; Globo x Força e Luz e, ABC x ASSU. Como já foi dito, o ABC não depende somente do seu resultado. Além de vencer o Camaleão do Vale jogando na cidade do Assu, terá que torcer por tropeço de América ou Globo em seus jogos. De preferência o alvinegro terá que golear o ASSU para tirar a diferença de gols e torcer por derrota dos seus concorrentes. Assim todos terminariam com 13 pontos e as duas vagas seriam definidas pelos critérios técnicos.

 

PANDEMIA

Além dos prejuízos para o setores produtivos, a pandemia da Covid-19 também gera sérios problemas para o esporte amador. Principalmente se esse é praticado nas cidades de pequeno e médio porte, onde os investimentos praticamente inexistem no setor. Mossoró não tem sido diferente e, praticamente sumiram boas disputas que tínhamos no ciclismo e atletismo. Sem falar no futebol pelos bairros. Uma pena.

 

COPA BR

Eliminado das disputas da Copa do Nordeste, o ABC segue com sua caminhada no cenário nacional na Copa do Brasil. Depois do excelente feito de eliminar o do Botafogo do Rio de Janeiro, embora não viva um bom momento é uma camisa que tem peso no cenário nacional, o alvinegro já sabe quem será seu próximo adversário. Vai enfrentar a Chapecoense em dois jogos nos dias 02 e 09 de junho. Agora sob o comando do treinador Moacir Júnior, após a demissão de Sílvio Criciúma.

 

TREINADORES

Falando em novo treinador do ABC, é bom lembrar que ele não será a única novidade na reta final de primeiro turno. Também já trocaram de comando as equipes do Potiguar, ASSU, Palmeira e, mesmo não sendo por demissão, também mudou o Globo. Esse foi o técnico que pediu para sair. Pelo visto a cultura segue a mesma, o time não rende em campo, a diretoria para tirar a culpa dos seus ombros já demite o treinador. Tem coisa que não muda mesmo. O tempo passa, o tempo voa.

 

CIRURGIA

Aproveitar o retorno do Toque Esportivo para desejar sucesso e uma recuperação plena ao goleiro Caio Borges, do Potiguar, que passará por uma cirurgia no pé direito. Ele sofreu uma contusão na partida contra o ABC, com vitória alvirrubra por 4 a 2, e terá que ficar entre 90 a 120 dias em tratamento. Momento difícil para qualquer atleta, porém ele terá que superar sua ansiedade, se dedicar ao máximo ao tratamento médico e, quem sabe, retornar até o fim da temporada. Se o Potiguar conseguir vaga para o brasileirão, pode figurar no grupo.

 

OLIMPÍADAS

 Como eu disse na nota sobre pandemia, o esporte amador sofre nas cidades e estados de pequenos ou nenhum investimento no setor. Porém, a situação não é a mesma quando se fala em Jogos Olímpicos. No caso, pensando só no dinheiro que rola, ninguém se preocupa ou lança críticas pelo fato de haver aglomeração. O dinheiro aqui é muito e ninguém quer soltar o osso. E não me venham com discursos vazios que tem segurança, pois já tem delegação desfalcada por conta da contaminação pelo novo coronavírus. No caso, pau que bate em Chico não bate em Francisco.

RAPIDINHAS

 

  • MOSSOROENSE Márcio Mossoró faz sucesso agora no futebol da Turquia.

 

  • NOGUEIRÃO no aguardo da confirmação da promessa de reforma.

 

  • FLAMENGO continua sendo o time a ser batido no Brasil e na América do Sul.

 

  • MUITO complicada a vida do Santos paulista. Devendo muito e proibido de contratar.