A HISTÓRIA TRANSCENDE O TEMPO – Wilson Bezerra de Moura

Revemos os fatos históricos ao lembrar uma data trágica para Mossoró, quando do desastre aéreo ocorrido em 12 de julho de 1951, que motivou a morte do então governador do Rio Grande do Norte, Jerônimo Dix-sept Rosado Maia.

À época, Dix-sept Rosado programou uma viagem ao Rio de Janeiro, onde ficava o poder central, para tratar de assuntos administrativos para seu Estado, juntamente com alguns de seus secretários, entre eles José Gonçalves de Medeiros, do Departamento de Agricultura, e José Borges de Medeiros, do Departamento das Municipalidades, os quais partiram num voo do Aeroporto de Parnamirim no avião das Linhas Aéreas Paulistas, com destino ao Catete do Governo Federal.

Por ironia do destino, a viagem foi mal sucedida, quando teve de enfrentar forte temporal no curso do Rio do Sal, em terras sergipanas. A nave não resistiu à intempérie do tempo e caiu, morrendo toda a tripulação e, como parte da história política e social do Rio Grande do Norte, esfacelou-se, ficando apenas o registro para a história que se imortalizou.

O doze de julho de 1951 ficou para a história como um acontecimento que ceifou a vida de um político, Dix-sept Rosado, que despontara no Estado do Rio Grande do Norte originário de Mossoró, como seu ex-prefeito de influente vida social e política em toda a região.

Dix-sept Rosado, junto com seu vice-governador Sylvio Pizza Pedrosa, concorreu ao Governo do Estado contra o candidato Manuel Varela de Albuquerque, tendo como seu vice o doutor Francisco Duarte Filho, politico mossoroense, mas por infelicidade do destino tudo terminou no dia 12 de julho de 1951, numa histórica queda aviatória no Rio do Sal, em terras sergipanas, fato que comoveu todo Rio Grande do Norte, em especial Mossoró, que perdeu seu grande líder.

Com esse desastre aéreo a liderança dos Rosados, que se iniciava na trilha política do Rio Grande do Norte, teve um abalo, embora não tenha se desmoronado porque os dois caciques da política mossoroense, Dix-huit e Ving Rosado, tomaram as rédeas por muitos anos a fio.