A CORRUPÇÃO DEVASTANDO AS IGREJAS

O Evangelho tem como fundamento pregar e ensinar sobre a salvação, a transformação, a libertação, a cura interior e a mudança de vida. Por isso, Deus estabeleceu pastores. Todavia, o que temos encontrado são pastores, pregadores, padre e auxiliares preocupados com o carro novo que vai comprar, qual terreno é mais valorizado, se vai morar ou não numa mansão, com suas aplicações financeiras, com o tamanho do dizimo e das ofertas e com a criação de metas de rentabilidade, com facilidade nos órgãos oficiais e pior negociando emprego para os seus e os mais próximos com políticos aproveitadores. Então surge a pergunta nos corações, Deus mudou? Certamente que não, pois o Cristo já tinha anunciado sobre essas ações no Evangelho de Mateus, ao afirmar: “E, por se multiplicar a iniquidade, o amor de muitos se esfriará”. (Mt 24:12).
Quando paramos e observamos, logo percebesse o cumprimentos das profecias em nossos dias, fica evidenciado que muitos pastores e obreiros pensam que estão em outro nível espiritual, assim, coisa de amigão de Deus, e por isso são intocáveis, podem tudo.
Esqueceram que o caminho e a porta são estreitos, somente elas nos levar à salvação, e poucos são que a encontram.
A escuridão provindo da cegueira espiritual tem afetado inúmeras igrejas e seus líderes.E cada vez mais os liderados estão se acostumando com atitudes erradas por aqueles que deveriam ser exemplo da boa-fé, do genuíno Evangelho.
Alguns desavisados e sem conhecimento bíblico, espalham o salmo 105.15 que diz: “Não toqueis nos meus ungidos e não maltrateis os meus profetas”. E por não terem a coragem do profeta Samuel, silenciam, passando assim a serem cúmplices da corrupção e do desvio das metas do reino de Deus.
Uma das estratégias malignas é a atuação de líderes religiosos comprando o silêncio de seus liderados com cargos, consagrações, bonificações financeiras, nomeações a funções eclesiásticas. Enquanto o clamor da multidão sedenta e o choro das crianças famintas ecoar ao trono da graça.
Lamento, pois muitos têm fechado os olhos e tampado os ouvidos diante da corrupção espiritual, material e política em que a atual igreja (instituição humana) está mergulhada.
Líderes que deveriam serem exemplo de humildade, sinceridade, caminham no meio do povo de nariz empinado e se achado o novo rei do pedaço. Usando o dinheiro das ofertas e dízimos para se locupletarem com carrões, mansões, viagens internacionais e boa vida. Longe do que Cristo ensinou.

RÁPIDAS
Venda da Band poderá tirar espaço da Universal na TV
Datafolha: rejeição a Lula chega a 47%; Marina Silva cresce
“Milagre”: recém-nascida é curada de tumor no cérebro

1° CONGRESSO DE JOVENS
A A.D. de jardim em Angicos – RN, realiza o 1° congresso de jovens de 4 a 6 de dezembro com o tema: escolhidos e separados por Deus (Jr. 1.5) convidados: louvor a cantora Veronica Miller do RJ. Preletores: Pr. Clovis do RJ e Marcelino de Mossoró.

DICA DE LIVROS
Ano novo e perdão – compreendendo o poder do perdão;
Prossiga para o alvo – ensinando o caminho;
O ide e a descrença – uma nova visão.

CULTO DA RESTAURAÇÃO
No próximo dia 9, das 9h às 21h, no templo-sede da Av. Leste/Oeste, o grande culto de restauração, sob a coordenação do pastor Wendell Miranda.

3º BATISMO ANUAL
A A.D. promove o 3º batismo anual, neste sábado, no templo-sede da Leste/Oeste. As inscrições estão sendo feitas na congregações com os dirigentes.

ACJUS
É notório que a atuação cultural da ACJUS em Mossoró é plena, assim como a atuação do seu presidente dr. Wellington Barreto e sua diretoria. Fica aqui a nossa gratidão pelas belas sessões na OAB. Parabéns, ACJUS.

COMO EVITAR A REPRODUÇÃO DO MOSQUITO DA DENGUE
1-Guarde as garrafas sempre viradas para baixo;2-Encha de areia ou terra os pratinhos de vasos de planta;3-Jogue no lixo qualquer objeto que possa armazenar água;4-Mantenha bem tampados baldes, tonéis, piscinas e caixas d’água;5-Guarde pneus ao abrigo da chuva e da água;6-Limpe as calhas dos canos;7-Não deixe a água da chuva parada sobre a laje;8-Coloque o lixo em sacos plásticos bem fechados dentro de uma lixeira tampada.

REFLEXÃO
“Quando tudo parece estar no fim e não há saída… Escuto a doce e suave voz de Deus”. (Teólogo Ricardo Alfredo).