954D5C13-CCC5-40C5-AB1D-7E9B98F403F4

Meu capitão,

Saudações.

Escrevo esta carta, não repare os senões.

Para dizer o que sinto.

Longe de ti.

Do poder e de qualquer outro interesse que não o melhor para nosso país tão sofrido.

Amargurando na saudade, as horas vividas que foram bem diferentes do que se esperava e podia ter sido, não apagaria das nossas almas a cruel paixão.

Nem a  gratidão pela sua coragem de enfrentar um sistema que parecia imbatível.

Espero que um dia,  tua participação na História seja registrada com justiça.

E a quem te ama não seja negado o direito de ser amado. A família acima de tudo. Menos nas honras à pátria.                                                                    Quanto a Deus, não invoquemos, em vão, seu nome.Ele nos vê.

A política é atividade apaixonante, repleta de traições, incompreensões, acertos, erros, escolhas e decisões.

Estudo, preparo, treino, tarimba, equilíbrio, calma. Ter o timing. Controlar o tom da voz, saber a hora de entrar e sair da cena. De bater na mesa e até de soltar palavrão. (Melhor, sem testemunhas).

São os requisitos para quando o ato acabar, venham os aplausos.

Quem participa do jogo precisa entender como deve ser jogado.

Não é solitário. É trabalho de equipe. Escalar o time  e escolher quem deva ser substituído é tática que leva ao sucesso e à vitória.

A lista de tudo que vale, se espera  e pode ser feito, é trabalho de  muitas mãos, definido depois de muitas discussões, brigas e entendimentos.

Sempre há de se chegar a uma maneira de continuar indo em frente, buscando o melhor para todos. O objetivo final.

Se alguém tem uma ideia e acha que é melhor e ajuda, muda-se. O que a maioria decide, todos aceitam.

Dúvidas, desentendimentos e impasses sempre ocorrerão.

Quem decide com quem está a razão e o direito são os guardiões da Lei. Entre eles, uns poucos, anciãos, os mais sábios e respeitados, dão a palavra final.

Isso tudo só funciona se todos concordarem com um princípio tão simples que nem era preciso, aqui, lembrar.

Todos são iguais.

Qualquer um que tenha se desviado e cometido algum malfeito, deverá responder pelos seus atos.

O mandatário maior pode manter amizades e simpatias. Mas não deve permitir que elas sejam usadas para privilégios e desvios.

Não esqueça do que já aconteceu com tantos outros que já sentaram nessa cadeira.

Desculpe entrar em assunto da intimidade mas é a melhor comparação.

Quando um casamento não dá mais certo, a relação azedou de vez, não tem jeito, o melhor a fazer é seguir o conselho de quem viveu tantas estórias de amor, ódio e desilusões.

Vá por Waldik Soriano.

Renunciar seria a solução.