11ª edição da Feira do Livro de Mossoró deve movimentar mais de R$ 800 mil

Iniciada ontem, a 11ª edição da Feira do Livro de Mossoró (FLM), no Expocenter, é apontada por escritores e editoras como um importante evento para o mercado literário. De acordo com o organizador da Feira, Rilder Medeiros, ao todo devem ser movimentados mais de R$ 800 mil.

Um dos principais incentivos para a movimentação dos recursos são vales-livros emitidos pelo Governo do Estado e pela Prefeitura Municipal de Mossoró (PMM) para a compra de obras por professores e diretores.

Além de livros, participantes podem encontrar apresentações culturais, exposição de fotos e charges, palestras e bate-papo com autores. A feira funciona ainda como espaço de divulgação da produção potiguar.

“No nosso estande são quase 50 títulos de autores potiguares. Trouxemos estas obras para apresentar ao público e, em especial, aos professores, pois tem crescido o interesse pela literatura potiguar nas escolas. Sem dúvidas, este é um espaço importante não só para a divulgação da produção dos autores do Estado, mas também serve de estímulo à leitura e produção pelos visitantes”, conta o escritor Carlos Fialho.

Rilder Medeiros avalia como positiva esta edição do evento. “Para nós é um orgulho ver que, mesmo em um ano que só se fala de crise, temos uma Feira do Livro forte e com participação de expositores de diferentes regiões, não só do Rio Grande do Norte, mas também de estados como o Maranhão, São Paulo e Paraná. A Feira é um espaço de estímulo e democratização da leitura, pois oferece livros a preços populares”, disse o organizador.

Dentre os expositores de outros estados, está o estande da Top Livros, site de venda de livros a preços populares com sede em Curitiba (Paraná). No espaço, livros são vendidos pelo preço único de R$ 10.

“Viajamos 3.200 km para chegar aqui e a expectativa é que vendamos 10 mil livros até o final do evento. O público mossoroense tem sido bem receptivo e é uma satisfação poder participar de mais uma Feira aqui”, disse a expositora Andreia Gomes de Andrade.