sexta-feira , 6 de dezembro de 2019
Home / Destaques / Vaticano: Papa rejeita fundamentalismo religioso e reforça colaboração com líderes islâmicos
Papa na Arábia Saudita

Vaticano: Papa rejeita fundamentalismo religioso e reforça colaboração com líderes islâmicos

Cidade do Vaticano, 19 nov 2019 (Ecclesia) –

O Papa afirmou esta segunda-feira, no Vaticano, que o fundamentalismo religioso é uma “praga” e que todos os crentes se devem comprometer numa atitude de diálogo e cooperação.

Francisco falava aos participantes num encontro promovido pelo Instituto para o Diálogo Inter-religioso, da Argentina, sobre o documento “Fraternidade humana em prol da paz mundial e da convivência comum” assinado em Abu Dhabi no dia 4 de fevereiro deste ano entre o Papa Francisco e o grande imã de Al-Azhar, Ahmad Al-Tayyeb.

“A intenção do documento é adotar a cultura do diálogo como caminho, a colaboração comum como conduta e o conhecimento recíproco como método e critério”, precisou.

Ainda esta segunda-feira, o Papa e o xeque Mohammed bin Zayed Al Nahyan, príncipe herdeiro de Abu Dhabi, divulgaram uma declaração conjunta sobre o compromisso conjunto na área dos cuidados de saúde às populações desfavorecidas.