quarta-feira , 26 de setembro de 2018
Home / Destaques / Vasco é goleado, mas se classifica nos pênaltis
Foto: Divulgação - Vasco.
Foto: Divulgação - Vasco.

Vasco é goleado, mas se classifica nos pênaltis

Quase que escapa pelos dedos. A noite da quarta-feira (21) mostrou por que a Libertadores é o campeonato mais difícil do continente. Depois de bater o Jorge Wilstermann por quatro a zero na partida de ida, o Vasco tinha uma situação confortável para o jogo de volta, podendo perder por até três gols de diferença que se classificaria. E o que parecia impossível, virou realidade. O time boliviano aplicou sonoros quatro a zero no Cruz Maltino e levou a partida para os pênaltis. Nesse momento, o goleiro Martín Silva mostrou o motivo de ser um dos grandes ídolos da torcida vascaína. Defendeu três pênaltis e salvou o Vasco de um vexame histórico. Com o resultado, o Vascão conseguiu a classificação e está no mesmo grupo de Cruzeiro, Racing e Universidad de Chile.

Martín Silva defendeu três pênaltis e garantiu a classificação do Vasco

Outro que avançou foi o Nacional do Uruguai, que bateu a equipe argentina do Banfield por um a zero e também se classificou para a fase de grupos da Libertadores. O time uruguaio está no mesmo grupo do Santos, Estudiantes de La Plata e Real Garcilaso.

E teve brasileiro levantando taça. O Grêmio empatou em zero a zero no tempo normal com o Independiente na disputa pela Recopa Sul-Americana. Na disputa por pênaltis, Marcelo Grohe defendeu a última cobrança e garantiu o título para o tricolor gaúcho. Grêmio campeão da Recopa.

Também teve bola rolando pela Copa do Brasil. Em um jogo alucinante em que todos os gols saíram na segunda etapa, o Atlético Paranaense venceu o Tubarão por cinco a quatro e avançou na competição. De virada, o Internacional venceu o Remo no Mangueirão por dois a um. Nos pênaltis, o Goiás despachou o Boa Esporte e se classificou. A Ponte Preta bateu o Inter de Limeira por um a zero e segue na disputa. O Atlético Mineiro não teve pena e goleou o Botafogo da Paraíba por quatro a zero.

Nos estaduais, duas goleadas da Fla-Flu no Carioca. O Flamengo atropelou o Madureira por quatro a zero, mesmo placar da vitória do Fluminense em cima do Bangu. Já no Paulista, a coisa azedou para o lado do São Paulo. O Tricolor perdeu para o Ituano fora de casa por dois a um. Essa foi a segunda derrota seguida do São Paulo na competição, o que aumentou a pressão sobre o técnico Dorival Júnior.