sábado , 22 de setembro de 2018
Home / Destaques / UERN solicita implantação dos programas “Café cidadão” e “Sopa cidadã” no restaurante popular
A professora Fátima Raquel destacou a importância de implementar políticas que garantam a permanência dos estudantes na UERN.
A professora Fátima Raquel destacou a importância de implementar políticas que garantam a permanência dos estudantes na UERN.

UERN solicita implantação dos programas “Café cidadão” e “Sopa cidadã” no restaurante popular

A implantação dos programas “Café cidadão” e “Sopa cidadã” no restaurante popular da UERN, bem como estratégias para implantação de restaurantes populares nos outros campi da UERN, foram discutidas nesta segunda-feira, 9 de julho, durante reunião na Secretaria de Estado do Trabalho, da Habitação e da Assistência Social (SETHAS).

A reitora em exercício da UERN, professora Fátima Raquel Rosado Morais, foi recebida pelo secretário Vagner Araújo. Também participaram da reunião o pró-reitor de Assuntos Estudantis, Erison Natécio, a pró-reitora adjunta de Assuntos Estudantis, Séphora Nogueira, e o pró-reitor de Gestão de Pessoas, David Leite.

O pleito foi protocolado via ofício junto à SETHAS e bem recepcionado pelo secretário. A professora Fátima Raquel destacou a importância de implementar políticas que garantam a permanência dos estudantes na UERN. Além do público interno, a Universidade também justificou o pedido com base na demanda do público externo, notadamente dos bairros circunvizinhos.

Quanto ao público interno, conforme dados da PRAE, mais de 80% dos alunos da UERN são oriundos de escolas públicas e com situação de vulnerabilidade econômica. Em torno de 24% dos alunos da UERN têm renda familiar per capita de até 1/4 do salário mínimo, segundo dados do IDUERN.

O pró-reitor Erison Natécio reforçou o princípio de universidade socialmente referenciada, pautada na interação permanente com a comunidade e no atendimento às demandas da assistência estudantil.

O secretário ressaltou a importância da UERN, inclusive lembrando que é egresso. Disse ainda que levará o pleito ao governador e que acredita ser possível, em breve, ter uma resposta positiva.

Portal UERN