quinta-feira , 17 de outubro de 2019
Home / Opinião / Toque Esportivo / Toque Esportivo – Vida longa aos estaduais.

Toque Esportivo – Vida longa aos estaduais.

O pulso ainda pulsa. Apesar das críticas, os campeonatos estaduais vão sobrevivendo e, mais uma temporada se aproxima. Por enquanto, as vozes destoantes daqueles que defendem sua importância, se perdem ao vento com o passar do tempo, mas eles continuam insistindo na tese do final. Acabar com os estaduais seria impedir que milhares de jovens pudessem buscar seu espaço no futebol, e até mesmo deixar cidades sem essa prática, passando a viver e acompanhar apenas aquilo que fosse praticado a distância, sem direito a emoção local. Um duro golpe. Se existe a preocupação de realizar o campeonato brasileiro em quatro divisões, a ideia é alcançar o maior número de regiões e estados. Então, vida longa aos estaduais que conseguem levar o futebol profissional a várias regiões e cidades de um mesmo estado. Para quem se organiza, esse é o momento ideal para montar a base que será utilizada nas competições nacionais.

OS ÁRBITROS QUEREM GARANTIAS

Os árbitros de futebol no Rio Grande do Norte, resolveram bater na mesa e exigir mais respeito. Bom, pelo menos no aspecto financeiro. Através do sindicato da categoria surge a proposta para que eles tenham uma compensação financeira quando forem preteridos de trabalhar em jogos decisivos, as finais de turno e do próprio campeonato, quando geralmente se traz juízes de outros estados. De preferência da Fifa.

A compensação seria de ordem financeira, um valor a ser repassado para o sindicato. A tese é de que, se não querem que eles apitem é porque os julgam incapazes da missão e, com este recurso, o sindicato iria qualificar seu associados. No Ceará o valor é de R$ 10 mil, no RN ainda não foi levantada a proposta em torno de quanto seria. A discussão foi aberta e promete polêmica, já que mexe no bolso sofrido dos clubes.

VOTO

Embora a decisão dos dois turnos do Campeonato Potiguar 2017 estejam programadas para acontecer com jogos de ida e volta, a polêmica segue em relação a partida final do campeonato. Por 5 votos a 3, passou a proposta de manter jogo único em Natal, na Arena das Dunas. Os dos votos vitoriosos foi dado pelo representante do Potiguar e isso tem gerado discussão. Todos querem saber o motivo pelo qual o time mossoroense foi favorável a decisão em jogo único e, na capital. Será que é tão ruim assim jogar em casa, diante do seu torcedor?

VOTO 2

Olha, particularmente acho que o motivo é outro e, muito forte. Afinal, quem lembra, foi justamente o fato de fazer dois jogos, ida e volta, que garantiu ao Potiguar seu primeiro título estadual em 2004. No jogo em Mossoró goleou o América-RN, 4 a 1, e em Natal perdeu por 1 a 0, quando poderia ser até por 3 a 0 e mesmo assim seria campeão. Graças a boa vantagem da partida primeira. Também por isso, o voto alvirrubro por jogo único na Arena das Dunas ficou, no mínimo, estranho.

APRESENTAÇÃO

Globo, ABC e América-RN já definiram suas datas de apresentação para iniciar a preparação para o Campeonato Potiguar 2017. O primeiro a botar seus jogadores para trabalhar será o time de Ceará-Mirim. O Globo marcou o início dos trabalhos já para este mês de novembro, dia 25. Já a dupla natalense, ABC e América, estes se confrontam até no início das atividades, começando no dia 05 de dezembro. A missão alvinegra será uma preparação longa visando seu retorno ao brasileiro da Série B, enquanto o alvirrubro fará o caminho da volta disputando a Série D.

INABALADA

Apesar da derrota no clássico contra o Santos, 1 a 0, a liderança do Palmeiras no Campeonato Brasileiro da Série A segue inabalada. Tudo por conta da boa vantagem na pontuação. Enquanto isso, Flamengo e Atlético-MG, receberam a companhia do time do Peixe que agora ocupa a terceira posição no antigo G4. Os mineiros já perderam a terceira posição para os santistas que agora partem para cima da segunda colocação rubro-negra.

NOVEMBRO

Chegamos a novembro e com ele, mais duas datas para jogos da seleção brasileira em sua fase de recuperação na fase eliminatória da Copa da Rússia. É torcer que o treinador Tite e seus comandados mantenham a mesma pegada e consigam superar Peru e Argentina para fechar o ano na liderança dos jogos na América do Sul.

GRAMADO do Nogueirão em situação precária. Francisco Braz tenta salvar.

NO Atlético-MG, o jogador Robinho, cria do Santos, pode voltar a Vila Belmiro.

A Arena das Dunas sediará os jogos de Alecrim e Santa Cruz de Natal no estadual.

SOBRE a nota acima, resta saber quem pagará a conta.