sexta-feira , 24 de março de 2017
Home / Destaques / Surfista potiguar começa temporada otimista “Meta é ser bicampeão mundial”
Mineirinho quer encerrar ano com nova conquista mundial
Mineirinho quer encerrar ano com nova conquista mundial

Surfista potiguar começa temporada otimista “Meta é ser bicampeão mundial”

Ano novo, vida nova e foco novo. Depois de saborear as dores e delícias de ser o campeão mundial vigente em 2016, o surfista potiguar Adriano de Souza, o Mineirinho, está preparado para voltar a viver essas sensações na temporada que se começou nesta terça-feira (noite de segunda no Brasil) na Austrália com a abertura da janela da etapa inicial do ano, em Gold Coast.

“Espero que 2017 seja um ano que eu consiga novamente entrar em conexão no mundo da competição, no meu foco. Acho que a ressaca do título pesou bastante. Agora este ano me sinto mais leve e tranquilo. Já comecei o ano com o pé direito com uma final em Pipeline e quero usar esse ritmo para fazer um ótimo ano em 2017”, conta Adriano, que viveu um turbilhão de emoções na vida profissional e pessoal, já que se casou semanas após sua maior conquista profissional.

“Minha meta este ano é ser bicampeão mundial. Quero chegar em Pipeline novamente com chances, então este é o foco. Quero muito voltar a brigar por esse espaço e estou super disposto para atingir este objetivo”, analisa.

E, se olharmos o retrospecto dele na perna australiana, as chances de começar o ano no topo da tabela é muito grande: Mineirinho já venceu em duas das três praças dali, em Margaret River e Bells Beach, faltando apenas Gold Coast, onde já disputou a grande final no ano do título.

No entanto, Adriano não crê em vida fácil. Pelo contrário. “Esse ano vai ser um ano muito forte. A cada temporada os atletas vão ficando mais fortes e experientes, subindo o nível. Por isso hoje estou muito conectado ao meu mundo, o que tenho de fazer e melhorar. Estou mais preocupado com meu rendimento que com os outros e estou trabalhando para me entregar e dedicar ao máximo neste ano de 2017”, completa.

Adriano está previsto para estrear na 11ª bateria da rodada inicial, contra os locais Josh Kerr e Bede Durbidge. Mais informações sobre o Gold Coast Pro, resultados e transmissão ao vivo em português poderão ser encontrados no site oficial da World Surf League:  www.worldsurfleague.com.

– Confira a lista de confrontos para a primeira rodada em Gold Coast:
Bateria 1: Michel Bourez (PYF) x Conner Coffin (EUA) x Jadson André (BRA)
Bateria 2: Matt Wilkinson (AUS) x Stuart Kennedy (AUS) x Ian Gouveia (BRA)
Bateria 3: Kolohe Andino (EUA) x Kanoa Igarashi (EUA) x Jack Freestone (AUS)
Bateria 4: Gabriel Medina (BRA) x Wiggolly Dantas (BRA) x Ezekiel Lau (HAW)
Bateria 5: Jordy Smith (AFS) x Miguel Pupo (BRA) x a definir
Bateria 6: John John Florence (HAW) x Connor O’Leary (AUS) x a definir
Bateria 7: Kelly Slater (EUA) x Mick Fanning (AUS) x Jeremy Flores (FRA)
Bateria 8: Julian Wilson (AUS) x Caio Ibelli (BRA) x Leonardo Fioravanti (ITA)
Bateria 9: Joel Parkinson (AUS) x Italo Ferreira (BRA) x Joan Duro (FRA)
Bateria 10: Filipe Toledo (BRA) x Adrian Buchan (AUS) x Frederico Morais (POR)
Bateria 11: Adriano de Souza (BRA) x Josh Kerr (AUS) x Bede Durbidge (AUS)
Bateria 12: Sebastian Zietz (HAW) x Owen Wright (AUS) x Ethan Ewing (AUS)