Home / Destaques / Superlotada, maternidade suspende internações; 7 bebês aguardam vaga em UTI
Maternidade Natal

Superlotada, maternidade suspende internações; 7 bebês aguardam vaga em UTI

A Maternidade Januário Cicco, em Natal, suspendeu novos internamentos. O motivo é a superlotação na UTI neonatal. De acordo com a instituição, os 23 leitos da unidade de terapia intensiva encontram-se ocupados. Em razão do problema, sete bebês prematuros aguardam vaga ou transferência nas salas de parto e no centro cirúrgico obstétrico da instituição.

A unidade recomenda que as grávidas priorizem outras maternidades do Estado, já que não há prazo para normalização do serviço. Tão logo a situação seja normalizada, a maternidade comunicará aos pacientes.

Leia a íntegra da nota:

Superlotação na Maternidade Escola Januário Cicco

A Maternidade Escola Januário Cicco, da Universidade Federal do Rio Grande do Norte (MEJCUFRN – Ebserh), informa que se encontra com superlotação em sua Unidade de Terapia Intensiva (UTI) Neonatal, trabalhando 30% acima de sua capacidade. Atualmente os 23 leitos da UTI Neonatal encontram-se ocupados e 7 bebês prematuros ocupam as salas de parto e o centro cirúrgico obstétrico da instituição, aguardando transferência ou vaga na UTI.

Diante do fato, recomenda-se que as grávidas priorizem outras Maternidades do Estado, pois a MEJC está sem condições de novos internamentos neste momento.

Como hospital universitário, com a finalidade de ensino, referência no atendimento da mulher e do recém-nascido em nosso Estado, a MEJC não mede esforços para atender o máximo de mulheres e bebês, nunca, entretanto, em detrimento da segurança do paciente. Tão logo a situação seja normalizada, voltaremos a informar.

Natal, 28 de janeiro de 2020

Superintendência da Maternidade Escola Januário Cicco

Fonte: Portal Grande Ponto