terça-feira , 22 de outubro de 2019
Home / Opinião / Reflexões Teológicas / Reflexões Teológicas – Ricardo Alfredo

Reflexões Teológicas – Ricardo Alfredo

REFLETIR            

As 5 qualidades essenciais de quem pastoreia: (pastores, padres e bispos)

Paciência
Sabedoria
Discernimento
Habilidade para Ensinar

Humildade
Os homens e as mulheres que tem a chamada Deus para servir no Evangelho deve ter a capacidade espiritual de compreender que muitos que tem o coração  quebrantado e a alma sofrida pelas cargas do viver,  precisam de uma palavra de paz nos momentos difíceis, E essa é a função dos que pastoreiam as ovelhas da casa de Deus, ajudar a carregar o fardo dos que sofrem e choram na caminhada da gloria eterna. Acho essas cinco qualidades essenciais para um pastor não sabotar seu ministério nas pequenas maneiras ao longo do dia.

Pastores, estas são características boas e piedosas. Persiga-as. Peça a Deus por elas. Elas lhe serão úteis todos os dias da sua vida e ministério.

 

 

PENSAMENTO

“Mariah Yasmim, reflexo de luz da minha existência”. (Escritor: Ricardo Alfredo)

foto 01

 

MUNDO JURÍDICO

Os Discente (Alunos) e seu direitos

De acordo com normas e leis Brasileira, e dever do estado e obrigação dos pais matricular os seus filhos a partir dos 6 anos de idade na rede de ensino pública ou particular. Caso não o faça, estarão cometendo um delito punível e poderão ser condenados até um ano de prisão ou pagar multa.

A legislação brasileira cuida da educação fundamentada na “Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional” e o seu número é 9.394/96.

A “Lei de Diretrizes e Bases da Educação Nacional” e o seu número é 9.394/96.

Faz uma divisão da seguinte forma: educação básica, que é formada pela educação infantil, pelo ensino fundamental e pelo ensino médio, e educação superior.

Todas as Instituições são reguladas por normas. É a partir do atendimento a essas normas que podemos experimentar uma convivência saudável, produtiva e cidadã.

LEI No 6.202, DE 17 DE ABRIL DE 1975.

Atribui à estudante em estado de gestação o regime de exercícios domiciliares instituído pelo Decreto-lei nº 1.044, de 1969, e dá outras providências.        

O PRESIDENTE DA REPÚBLICA, faço saber que o CONGRESSO NACIONAL decreta e eu sanciono a seguinte Lei:

Art. 1º A partir do oitavo mês de gestação e durante três meses a estudante em estado de gravidez ficará assistida pelo regime de exercícios domiciliares instituído pelo Decreto-lei número 1.044, 21 de outubro de 1969.

Parágrafo único. O início e o fim do período em que é permitido o afastamento serão determinados por atestado médico a ser apresentado à direção da escola.

Art. 2º Em casos excepcionais devidamente comprovados mediante atestado médico, poderá ser aumentado o período de repouso, antes e depois do parto.

Parágrafo único. Em qualquer caso, é assegurado àsestudantes em estado de gravidez o direito à prestação dos exames finais.

Art. 3º Esta Lei entrará em vigor na data de sua publicação, revogadas as disposições em contrário.

Brasília, 17 de abril de 1975; 154º da Independência e 87º da República.

Ernesto Geisel

Ney Braga

DIREITOS BÁSICOS DOS DISCENTES (Alunos)

  • Direito de ser matriculado na rede de ensino a partir dos seis anos de idade;
  • direito de ser respeitado por seus educadores e colegas;
  • direito de denunciar abusos ocorridos contra ele na escola, como exposição a perigo, exploração de trabalho, discriminação de raça, crença ou cor, abuso de autoridade ou abuso sexual;
  • direito a uma educação de qualidade;
  • direito a matricular-se, independentemente de ter repetido alguma série, de sua idade, de preconceito, discriminação ou pagamento de taxa (em caso de escola pública);
  • direito à merenda escolar, se a escola for pública;
  • direito a ensino noturno de qualidade, para aqueles que trabalham durante o dia;
  • direito de só ser suspenso das atividades escolares ou excluído da escola por motivo justo, previamente estabelecido, sendo-lhe garantido o direito à ampla defesa;
  • direito ao acesso aos livros que a escola possui;
  • direito de fundar e participar de Grêmio Estudantil, que é o órgão responsável pela defesa dos direitos dos alunos dentro da escola;
  • direito de participar do Conselho Escolar; que é formado pela direção da escola, por professores, alunos e pais;
  • direito de expressar livremente as suas ideias;
  • direito de participar de atividades culturais e esportivas extraescolares e de ter justificadas as suas faltas e respostas as provas a que faltou, se o estudante for atleta;
  • direito de informar-se sobre o método que a escola adota para avaliar os alunos e sobre o resultado das provas;
  • de contestar os métodos de avaliação da escola, podendo recorrer a instâncias escolares superiores;
  • direito de contestar as normas da escola, se estas forem ilegais;
  • direito à meia-entrada em cinemas, casas de show e teatro, com a apresentação da carteira de estudante.

DEVERES BÁSICOS DOS DISCENTES (Alunos)

  • Dever de respeitar as normas da escola;
  • dever de comparecer regularmente às aulas;
  • dever de submeter-se a processos avaliativos;
  • dever de zelar pelo patrimônio público da escola;
  • dever de entregar, nas condições em que recebeu, o material didático, no final do ano letivo;
  • dever de respeitar os diretores, professores, funcionários e demais alunos da escola;
  • dever de justificar as faltas às aulas e às provas;
  • dever de entregar toda correspondência enviada aos seus pais ou responsável.

DAS MAIS BELA CANÇÕES

Está canção antiga e zelosa da fé, exala o poder da criação e anelo da alma pelo seu criador. Nela, canção, encontramos a reflexão de alguém que compreendeu que é sustentado pelas mãos do altíssimo. E assim, a alma encantada com santa presença do Eterno, entoa a bela canção ao dizer:

 

Quão Grande És Tu

Senhor meu Deus, quando eu maravilhado
Fico a pensar nas obras de tuas mãos
No céu azul de estrelas pontilhado
O teu poder mostrando a criação

Então minh’alma canta a ti, senhor
Quão grande és tu! Quão grande és tu
Então minh’alma canta a ti, senhor
Quão grande és tu! Quão grande és tu!

Quando a vagar nas matas e florestas
O passaredo alegre ouço a cantar
Cruzando os montes, vales e florestas
O teu poder mostrando a Criação

Então minh’alma canta a ti, senhor
Quão grande és tu! Quão grande és tu
Então minh’alma canta a ti, senhor
Quão grande és tu! Quão grande és tu!

Quando eu medir o teu amor tão grande
Teu filho dando ao mundo pra salvar
Na cruz vertendo o teu precioso sangue
Minh’alma pode assim purificar

Então minh’alma canta a ti, senhor
Quão grande és tu! Quão grande és tu
Então minh’alma canta a ti, senhor
Quão grande és tu! Quão grande és tu!

Quando enfim, Jesus vier em glória
E ao lar celeste então me transportar
Te adorarei, prostrado e para sempre
Quão grande és tu, meu Deus hei de cantar

Então minh’alma canta a ti, senhor
Quão grande és tu! Quão grande és tu
Então minh’alma canta a ti, senhor
Quão grande és tu! Quão grande és tu!

PENSAMENTO I

“Minhas dores, minhas angustias e os aplausos que tenho recebido deste mundo, tenho deixado no calvário de Cristo”. (Teólogo: Ricardo Alfredo)

POLITICA …

1- Bolsonaro se reúne com Moro nesta terça para discutir vazamento de mensagens

2- Porta-voz da presidência, Otávio do Rêgo Barros disse que presidente não vai se pronunciar sobre conteúdo divulgado até falar com o ministro

3- Ministros do STF dizem que vazamento de conversa pode anular processo de Lula

4- Troca de mensagens revela suposta colaboração entre Sérgio Moro e Deltan Dallagnol para incriminar o ex-presidente Lula na Operação Lava Jato

5- Deltan Dallagnol grava vídeo e chama acusações contra a Lava Jato de equívocos

6- Coordenador da Operação Lava Jato afirma que em suas conversas com Sérgio Moro não mostraram imparcialidade e interferência nos julgamentos

7- Gilmar Mendes manda investigação sobre caixa 2 de Aécio à Justiça Eleitoral

8- Ministro do STF considerou que, apesar de Janot ter apontado suspeita de corrupção e lavagem, fatos denunciados por delatores têm origem eleitoral

9- ANPR, representante de procuradores, diz que obtenção de mensagens foi criminosa; Ajufe, que representa juízes federais, pede investigação do caso

10- Imprensa internacional repercute vazamento de conversas entre Moro e Dallagnol

11- Divulgação de conversas envolvendo o ministro Sergio Moro e o procurador Deltan Dallagnol podem colocar em risco futuro da operação

 

RÁPIDAS DA SEMANA

1- Bolsonaro se reúne com Moro e o condecora após vazamentos

2- Oposição promete obstrução total enquanto Moro permanecer no cargo

3- Dois dias após vazamentos contra Sérgio Moro, STF deve julgar liberdade de Lula

4- Jornalismo militante: uma força-tarefa contra a Lava Jato

5- Gilmar Mendes vai liberar para votação pedido de suspeição de Moro no caso de Lula

6- Câmara cancela homenagens à causa palestina após pressão

7- Astro do NBA fala sobre como a fé é importante em sua vida

8 – IURD diz que não obriga pastores a fazerem vasectomia: “Falsas acusações”

9 – Bispa da Suécia diz que tem “mais em comum com muçulmanos do que cristãos de direita”

10 –” Renuncio a minha homossexualidade todos os dias para ir pro céu”, afirma cantor.

PENSAMENTO II

“Aquele que tem uma razão para viver pode suportar quase tudo”. (Friedrich Nietzsche)

 

De idade nova…

 

foto 02

 

O bom amigo e grande gestor da UPA do Belo Horizonte, João, conhecido como Joãozinho do upa do Belo Horizonte, está recebendo das mãos do Eterno mais um ano de vida… Além de ser um grande gestor e um grande ser humano, também vem mostrado a todos como deve ser administrado uma unidade de saúde. Parabéns.

 

ACONTECEU…

 

foto 03 

 

PENSAMENTO III

“Aprenda como se você fosse viver para sempre. Viva como se você fosse morrer amanhã”. (Santo Isidoro de Sevilha)

LIÇÕES:

Existem duas

coisas

importantes na

vida,

MOTIVO e

MOMENTO.

Você poder ter

várias vezes

o mesmo MOTIVO

mas você nunca

terá o mesmo

MOMENTO.

Por isso aproveite

cada MOMENTO

na sua vida pois

ele nunca mais

voltará é como a

água de um rio

q não passam

duas vezes pelo

mesmo

lugar. (Borboletas na Alma)

 

PENSAMENTO IV

Há um Deus que sonda… e conhece todos os passos… Nele há misericórdia, benevolência… e amor. (Teólogo: Ricardo Alfredo)

CANÇÕES ETERNIZADAS

Está canções foi eternizada na voz do grande intérprete e compositor Raimundo Fagner.

Espumas Ao Vento

Sei que ai dentro ainda mora um pedacinho de mim
Um grande amor não se acaba assim
Feito espumas ao vento.

Não é coisa de momento, raiva passageira
Mania que dá e passa, feito brincadeira
O amor deixa marcas que não dá pra apagar.

Sei que errei tô aqui pra te pedir perdão
Cabeça doida, coração na mão
Desejo pegando fogo.

E sem saber direito a hora e o que fazer
Eu não encontro uma palavra para te dizer
Ah! se eu fosse você eu voltava pra mim de novo.

E uma coisa fique certa, amor
A porta vai estar sempre aberta, amor
O meu olhar vai dar uma festa, amor
Na hora que você chegar. (2x)

PASTOR JAYRO KAILO SERÁ EMPOSSADO NA AD EM GUAMAR

 

foto 04

 

O Pastor Jayro Kaillo será empossado dia (20), na Assembleia de Deus de Guamaré, Campo Eclesiástico da IEADERN de Macau-RN.

 

PERDÃO RELATIVO AO CRÉDITO TRIBUTÁRIO DO IPVA DE MOTOS COMEÇA A VALER NA SEGUNDA

 

 

foto 05

 

O Diário Oficial do Estado do Rio Grande do Norte trouxe neste sábado a homologação da Lei Estadual nº 10.507 que concede perdão relativo ao crédito tributário do IPVA de motocicletas.
A remissão de que trata este Decreto somente pode ser concedida a contribuintes que estejam regulares com o IPVA e a Taxa de Licenciamento Anual de Veículo relativos ao exercício de 2019.
A Governadora Fátima Bezerra (PT) homologou a lei criada pela Assembleia Legislativa Estadual no dia 10 de maio de 2019 que tem autoria do Deputado Estadual Nélter Lula de Queiroz (PMDB).
Lembrando que o veículo não precisa estar apreendido. Qualquer motocicleta com documentação atrasada ficará enquadrada na lei, desde que pague os tributos do ano corrente, que é 2019.

 

 

PENSAMENTO V

“A alma humana é aproximada do divino através da música”. (Escritor: Ricardo Alfredo)

 

DIREITO DO TRABALHO: VÍNCULO EMPREGATÍCIO ENTRE PASTOR E IGREJA É RECONHECIDO POR TRIBUNAL

 

foto 06
Para a magistrada, houve um “desvirtuamento da missão sublime de ganhar almas “A 8ª Turma do Tribunal Regional do Trabalho da 2ª Região (SP) reconheceu por unanimidade o vínculo empregatício entre o pastor José de Souza e a Igreja Internacional da Graça de Deus, liderada pelo Pastor Missionário R.R Soares, conforme Processo nº 1000663-28.2016.5.02.0603 (RO).
O pastor afirma que por mais de sete anos exerceu atividades variadas, como pintura, limpeza e reparos, além de evangelização em praças, visitação a enfermos e assistência espiritual para os membros da comunidade. Segundo disse o pastor, ele tinha metas de arrecadação de doações e dízimos, que aumentavam mês a mês, e era proibido exercer qualquer outra ocupação fora da igreja. Na época, ele recebia remuneração de R$ 2.000,00.
O pedido do pastor pelo reconhecimento do vínculo empregatício foi julgado improcedente no juízo de primeiro grau. No entanto, ele entrou com recursos e os desembargadores da 8ª Turma do TRT-2 entenderam de forma diferente.

Para Tribunal, os testemunhos indicaram que, embora o autor se dedicasse por vocação, tendo sido fiel da igreja antes de se tornar pastor, ele recebia ordens de superiores, era fiscalizado, ganhava remuneração e não podia ser substituído.

“Além do sublime mister, do qual o autor tanto se orgulha, impressiona o fato de que se faltasse a algum culto poderia perder a igreja e que havia fiscalização dos cultos pelo regional, tinha uma folga semanal e intervalo intrajornada de uma hora”, afirmou a desembargadora Silvia Almeida Prado Andreoni, relatora do recurso.

Para a magistrada, houve um “desvirtuamento da missão sublime de ganhar almas”, ficando claro que o autor atuava como “vendedor dos princípios bíblicos”, cujo objetivo era o atingimento de metas para a manutenção do templo.

 

 

foto 06.1
(Fonte: cleitonalbino.com)

 

 

DEUS TEM UM PLANO

Marco Aurélio (Seleção de Ouro – Vol. 2)

Deus tem um plano a cada criatura,
Aos astros Ele dá o céu.
A cada rio Ele dá o seu leito,
E um caminho para mim traçou.

A minha vida eu entrego a Deus,
Pois o Seu Filho entregou por mim.
Não importa onde for, seguirei meu Senhor;
Sobre terra ou mar, onde Deus mandar irei.

Deus enumera a cada grão de areia,
E as ondas ouvem Seu mandar.
As aves em seus rumos Lhe obedecem,
Seu carinho faz abrir a flor.

Em Seu querer encontro paz na vida;
E bênçãos que jamais gozei.
Embora venham lutas e tristeza;
Tenho fé que Deus me guiará.

 

POEMAS – CLÁSSICOS DAS POESIAS

 

FAGULHAS

 

foto 07

 

Tênue dúvida
Janela entreaberta
Fugaz
Folgaz
Sonho inacabado!
Que floresce na dúvida.
Impávida
Casca removida

Volvida

luz que ilumina as veredas

trilhas com espinhos

lacerando a carne …!

Taniamá Vieira Barreto

PENSAMENTO VI

“Ser feliz não é uma questão de destino e sim uma questão de escolha”.  (Escritor: Ricardo Alfredo)

 

LANÇAMENTO…

 

foto 08

 

DATA DOS CULTOS DE POSSES DOS NOVOS OBREIROS DA IEADERN

1- Pastor Francisco Coriolando será empossado dia (19), de junho na AD em Baraúna – Campo Eclesiástico da IEADERN de Mossoró.

2- Pastor Antônio Oliveira será empossado dia (22), de junho na AD em Apodi – Campo Eclesiástico da IEADERN de Mossoró.

3- Pastor Jaime Mariano será empossado dia (24), de junho na AD em Passa e Fica – Campo Eclesiástico de Nova Cruz.

4- Pastor Bruno Rodrigues será empossado, dia (27), de junho na AD em Tangará – (Tangará é Supervisão de Campo Eclesiástico. (Fonte: cleitonalbino.com)

PENSAMENTO VI

“Mesmo que a vida me apresente dissabores, alegria contigo (Jesus Cristo), eu terei.” (Escritor: Ricardo Alfredo)

 

CAMPANHA…

 

foto 09 

 

CONVITE…

 

foto 10

 

SABEDORIA E EXPERIÊNCIA

 

foto 11

 

OS MESTRES DA CULTURA MOSSOROENSE

 

JOANA D´ARC FERNANDES COELHO

  1. ÁREA DE FORMAÇÃO ACADÊMICA – GRADUAÇÃO

    FORMAÇÃO ACADÊMICA

    Bacharel em Serviço Social. Faculdade de Serviço Social (FASSO) da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) 1970/1973

  2. ÁREAS DE ATUAÇÃO

    ACADEMIA UNIVERSITÁRIA
    GERONTOLOGIA SOCIAL
    PLANEJAMENTO SOCIAL
    POLÍTICAS SOCIAIS
    PROGRAMAÇÃO NEUROLINGUÍSTICA
    PSICANÁLISE

  3.  EXTENSÃO DA FORMAÇÃO ACADÊMICA

    PÓS-GRADUAÇÃO – LATO SENSU

    Especialização de Docente em Ciências Sociais (MEC/CAPES/PROPEG/FURRN) – 1977/1978
    Especialização para Docentes do Ensino Superior na área de Supervisão em Serviço Social- Faculdade de Serviço Social (FASSO) / Universidade Regional do Rio Grande do Norte (URRN) / Centro de Ciências Humanas, Letras e Artes Sociais (CCHLA); Universidade Federal do Rio Grande do Norte (UFRN) 1978/1979
    Especialização em Gerontologia Social. Universidade do Estado do Ceará (UECE) / Universidade Sem Fronteiras. Reg. Certificado Nº 169/20 -1991/1992
    Especialização em Políticas Sociais (Mestrado da Faculdade de Serviço Social – Universidade Federal da Paraíba (UFPB). 1987/1991.

    FORMAÇÃO COMPLEMENTAR

    Graduação em Psicanálise, formação em Psicanalista Clínico. Sociedade Psicanalista Ortodoxa do Brasil (SPOB). Escola de Psicanálise do Brasil/ Sociedade Psicanalítica (C.F. Art. 5º/C.B.O. Nº 2.515-50. M.T.) 2003/2005
    Pós-graduação Lato Sensu – em Teoria Psicanalítica. Res. Nº 01de 03/04/01. CEE/CNE/MEC. Sociedade Universitária Redentor / Faculdade Redentor. R. Janeiro. 2004
    Formação em Programação Neurolinguística (PNL). Cursos PRACTITIONER, MASTER E TRAINER TRAINING. Sociedade Norte Nordeste de Programação Neurolinguística. Instituição ACTIUS. (Piracicaba/S.P.) 2005/2006

    STRICTU SENSU (Mestrado)

    Mestrado em Desenvolvimento e Meio Ambiente 2003/2005
    Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) Programa em Desenvolvimento e Meio Ambiente – PRODEMA
    Dissertação: Parques Nacionais do Nordeste Brasileiro: Uma Estratégia para a Conservação da Natureza do Semiárido

  4.  EXPERIÊNCIA PROFISSIONAL   NA UNIVERSIDADE ESTADUAL DO RIO GRANDE DO NORTE (UERN

4.1 – ACADEMIA 

Professora Titular do Curso de Serviço Social – Ministrante de Disciplinas específicas do Curso de Serviço Social –
Chefe do Departamento de Serviço Social (DESSO/FASSO), Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN).

4.2  – FUNÇÕES E CARGOS EXERCIDOS 

Na Área da Academia na Faculdade de Serviço Social (FASSO/UERN)

Professora Titular
Diretora da Faculdade de Serviço Social
Vice-Diretora da Faculdade de Serviço Social
Chefe de Departamento de Serviço Social
Sub-chefe do Departamento de Serviço Social
Supervisora de Estágio Supervisionado
Coordenadora do Núcleo de Estudos e Pesquisa da      Terceira Idade (NEPTI)
Supervisora de Estágio Supervisionado

4.3 – Na área Administrativa / Funcional – UERN

Assistente Social (UERN)
Pró-Reitora de Ensino e Graduação
Coordenadora Geral do Centro de Desenvolvimento   Regional do Rio Grande do Norte (CENDERN)
Membro da Comissão de Assessoramento à Orientação de Graduação: Elaboração do Plano de Estudos do Discente – FASSO/DESSO.
Pró-Reitora de Ensino e Graduação

5 – CARGOS EXERCIDOS NO CAMPO DA PRÁTICA PROFISSIONAL

 

5.1 – INSTITUIÇÕES PÚBLICAS E PRIVADAS
Presidente da Comissão Municipal do Movimento Brasileiro de Alfabetização – MOBRAL
Assistente Social da Subcoordenadoria de Desenvolvimento de Recursos Humanos- SUDRH. Setor Técnico Administrativo do Centro de Formação Profissional –                      CEFOPE – Secretaria de Estado da Saúde Pública – SSAP (1986)
Secretária Municipal de Ação Comunitária e Social (SACS/Prefeitura Municipal de Mossoró-PMM)

Gestão (1990/91) Ato Nº 004/90 – Palácio da Resistência

Gestão (1994/1996) Ato Nº 005/94 – Palácio da Resistência

Gestão (1996) Ato 032/96 – Palácio da Resistência

Secretária Adjunta de Estado – Secretaria de Habitação e Promoção Social – SHPS (Gestão 1991/1994) Ato Nº 0021/91,   ano   03º da República – Palácio Potengi –                      Natal/RN

Membro da Comissão de Elaboração do Conselho Estadual e Comissões Municipais dos Direitos da Criança e do Adolescente (1991 – Ano 103º da República –                            Palácio do Potengi – Natal/RN

Membro da Comissão de Elaboração do Conselho Estadual do Idoso (1991/1993)

Membro do Conselho Estadual dos Direitos da Criança e do Adolescente, como representante da Secretaria Estadual do Trabalho e Ação Social (SETAS) (1991/93)                      Membro do Conselho Estadual do Idoso como representante da Secretaria Estadual de Trabalho e Ação Social (SETAS) (1991/93)

Presidente do Conselho Municipal dos Direitos da Criança e do Adolescente (COMDICA). 1995/96

Coordenadora Geral da 1ª Conferência Municipal de Assistência Social da Região Oeste – Portaria Nº 1511/95 – Gab. Secretário de Estado da Secretaria de Estado do                  Trabalho e Ação Social (SETAS) (1995)

Delegada da 1ª Conferência Nacional de Assistência Social – Brasília (1995)

Coordenadora Geral do Escritório Regional do Movimento de Integração  e Orientação Social (MEIOS) (1996/98)

Coordenadora Regional da Fundação Estadual da Criança e do Adolescente (FUNDAC). Escritório Regional em Mossoró (Port. Nº 147/202)

Sócia da Associação Literária e Artística de Mulheres Potiguares (ALAMP). Natal, 16 de agosto de 2018

 

6 – TÍTULOS E HONRARIAS

 

Comenda – Medalha Mérito Policial Luiz Gonzaga – concedida pelo Comando Geral da Polícia Militar do Estado do Rio Grande do Norte (Dec. Nº 7.153/1977 – 1ª                           Mulher Norteriograndense a ser condecorada com essa Medalha.
Mérito Medalha Educacional Prof. Sólon Moura  concedida pela Câmara Municipal de Mossoró (Dec. Legislativo Nº 28/94).
Professor Emérito da Universidade do Estado do Rio Grande do Norte (UERN) (Res. 006/2005 – CONSUNI).

Destaque na Revista “Iº Mapeamento Cultural da Cidade de   Mossoró/RN, na expressão de Figuras Populares”. Prefeitura Municipal de Mossoró, apoio da UNICE                      Título de Honra ao Mérito outorgado pela Academia de Letras     Juvenal Galeno, pelos relevantes serviços prestados à Cultura.   (Fortaleza, 24 de maio de 2014).                         Grande Mérito Cultural concedido pela União Brasileira de Escritores do Rio de Janeiro, integrante da Federacion Latinoamericana de Sociedades de Escritores                          (UBE/RJ). Destaque como Coordenadora do Evento “Integração Cultural e Interestadual”.

Grande Mérito Cultural  – UBE / RJ, Entidades Acadêmicas, Potiguar e o Jornal Sem Fronteiras – II Seminário Internacional Encontro das Américas. Mossoró 03 de                      dezembro de 2016
Coautora da “Coletânea Literária Feminina Potiguar” lançado no II Seminário Internacional Encontro das Américas – literatura, artes e cultura em Terras Potiguares”                Natal e Mossoró, 01 de dezembro de 2016.
Membro Correspondente RN/ UBE/ RJ (Natal/Mossoró, 3 a 7 de dezembro, 2016).
Membro participante do Projeto Literário “Coletânea Literária Internacional Bilingue – Sem Fronteiras pelo Mundo … Vol. Prosa e Verso”
Membro Participante como Coautora do Projeto Literário “Coletânea Literária – I integração Cultural Interestadual”  Editora Rede Sem Fronteiras  Integrante da Rede                 Mídia de Comunicação e Editora Sem Fronteiras. (Mossoró 15 de Junho de 2016).
Título de “Honra ao Mérito” outorgado pela Academia de Letras Juvenal Galeno (ALJUG), pelos relevantes serviços prestados  à Cultura
Título de Mérito Cultural outorgado pelo Centro Cultural de Ceará (CCC), pelo envolvimento no mundo líterocultural.  (03 de julho de 2018)
Tributo   a “Ana Floriano”  outorgado  pelo    Decreto  Nº 5. 182, de 08 de março de 2018, como mérito pelo destaque no mundo da  intelectualidade, como Escritora,                    pesquisadora e pela posição que assume  com coragem, a posição a favor da luta da mulher na sociedade.
7 – INSERÇÃO EM MOVIMENTOS CULTURAIS
Acadêmica Imortal da Academia Feminina de Letras e Artes Mossoroense (AFLAM). Ocupante da Cadeira 21. Presidente no período de quatro anos, Gestão de dois Biênios 2014/ 2016 e 2016/2018.
Acadêmica Imortal, Membro Efetivo da Cadeira Nº 09(Titula) da Academia de Ciências Jurídicas e Sociais de Mossoró (ACJUS)
Acadêmica Imortal – SECCIONAL/ Ceará, Cadeira Perpétua Nº36, Patronímica (em seu nome), pelo Conselho Internacional dos Acadêmicos. de Ciências Letras e Artes (CONINTER/AD IMMORTALITATEM), (11 de junho de 2015)
Sócia Efetiva do Instituto Cultural do Oeste Potiguar (ICOP). (dezembro de 2014).
Sócia correspondente da Academia Apodiense de Letras  (AAPOL)
Sócia correspondente da Academia de Letra de Martins (ALAM)
Sócia efetiva da Sociedade Brasileira do Cangaço (SBEC)
Membro do Conselho Municipal de Políticas Culturais (CMPC). Presidente nomeada pela Lei Complementar, Nº 082, 03/04/2013, mediante votação aberta, em Assembleia.         (05 de abril de 2016)
Membro do Conselho Editorial do periódico AFLAM em Revista da Academia Feminina de Letras e Artes Mossoroense.
Membro Titular junto ao Conselho Universitário da Universidade Estadual do Rio Grande do Norte ( CONSUNI  / UERN). Representante da Comunidade. (DOE- Edição nº           13.375)
Associada Ativa da Associação dos Escritores Mossoroense (ASCRIM) (19 de fevereiro de 2016)
Coordenadora Estadual / RN, do Evento “Integração Cultural e Interestadual sediado em Fortaleza e Mossoró. (15 a 18 de junho de2016).
Coordenadora da Mesa de Debate, no Evento Seminário Novas Liberdades. Temática: “ A Arte e Entretenimento – O Desafio de fazer a Política Pública em Cultura” (Mossoró, 26 de setembro de 2014)

8 – PUBLICAÇÕES :

         CAPÍTULOS EM LIVROS/COLETâNEAS, ARTIGOS EM REVISTAS     ESPECIALIZADAS, JORNAIS/PERIÓDICOS PUBLICADOS NOS ÚLTIMOS (5) CINCO

 ANOS

Importância do Planejamento Familiar – Trabalho de Conclusão de Curso (TCC) – Livro publicado pela Coleção Mossoroense
Coleção Mossoroense: Fragmentos de uma História.  Fundação  Vingt-un Rosado, Coleção Mossoroense. Série “B”, Nº 2490, Ano 2000
        Fragmentos da minha história na história do Ginásio Sagrado Coração de Maria – capítulo do Livro a ser publicado
A Mulher Atual: Reconstrução de um Modelo de Submissão – Artigo publicado no Periódico Nº 01 “ AFLAM em Revista” – Ano I, Agosto de 2011
De Fazendas a Freguesia, de Freguesia à Vila, de Vila à Segunda maior cidade do Rio Grande do Norte: De Mossoró Menina A Mossoró Mulher – Artigo publicado no  Periódico Nº 02 “AFLAM em Revista” – Ano II, Dezembro de 2012
A Saga da Frondosa Oliveira – Artigo publicado no Periódico Nº 03 “AFLAM em Revista” – Ano III, Dezembro de 2013.
Quebra de paradigmas? – Artigo publicado no Periódico Nº 03 “AFLAM em Revista” – Ano III, Dezembro de 2013.
      “O ineditismo na vida profissional de uma mulher” – A contagem de história da vida de Margareth Freire de Sousa. Entrevista publicada no Periódico Nº 03 “AFLAM em            Revista” – Ano III, Dezembro de 2013.
       “A Magia da trilha da Gruta de Ubajara”. Coletânea Literária Internacional Bilíngue (Português/Inglês): prosa e verso – Livro Sem Fronteiras pelo Mundo. Organizadora:              Dyandreia Valverde Portugal,  – Arraial do Cabo, RJ: Rede Sem Fronteiras, 2016.

      “Os fora da lei/ líderes das quadrilhas e as invasões: os killers, gansters, outlaws?. Integração Cultural Interestadual: Coletânea Literária (prosa e verso) Organizadora /Dyandreia Valverde Portugal,  – Arraial do Cabo, RJ: Rede Sem Fronteiras, 2016

     “A Saga dos Cangaceiros: Uma história contada em várias versões, no correr dos tempos” – Cartas da Caatinga – Coletânea. Coleção SBEC – Universo da Caatinga – Nº            06. Literatura Brasileira – Cangaço no Nordeste Brasileiro. Mossoró/ 2016

     ‘Uma Viagem Imaginária pela Selva de Pedras” Coletânea Literária Internacional Bilíngue (Português/Inglês): prosa e verso – Livro Sem   Fronteiras pelo Mundo. Organizadora: Dyandreia Valverde Portugal,  – Arraial do Cabo, RJ: Rede Sem Fronteiras, 2019.

ACJUS- ACADEMIA DE CIÊNCIAS JURÍDICAS ESOCIAIS DE MOSSORÓ

SEGUNDA DIRETORIA EXECUTIVA: GESTÃO 2019 – 2022

Presidente: José Wellington Barreto

1º Vice-Presidente: Taniamá Vieira da Silva Barreto

2º Vice-Presidente: Antonio Clóvis Vieira

1ª Secretária: Ludimilla Carvalho Serafim de Oliveira

2º Secretário: Carlos Alberto Lima Filgueira

1º Tesoureiro: Edilson Gonzaga de Souza Júnior

2º Tesoureiro: Catarina Cordeiro Lima Vitorino

DEPARTAMENTOS

DIRETORA DO DEPTO DE EVENTOS – Vanda Maria Jacinto

DIRETOR DO DEPTO HISTORICO-CULTURAL – Geraldo Maia do Nascimento

DIRETOR DO DEPTO DE RELAÇÕES INSTITUCIONAIS E IMPRENSA – Osivaldo M. C. de Sá Leitão

DIRETOR DO DEPTO DE RELAÇÕES INTERNACIONAIS- Paulo de Medeiros Fernandes

DIRETOR DO DEPTO DE EDITORAÇÃO – Raimundo Antonio de Souza Lopes

DIRETORA DO DEPTO DE CONTROLE DE PATRIMÔNIO – Joana D’arc Fernandes Coelho

CONSULTOR JURÍDICO – Francisco Marcos Araújo

CONSELHO FISCAL

Titulares:

Francisco Péricles Amorim

Zélia Macedo Heronildes

Disraeli Davi Reinaldo de Moura

Suplente: Francisco Canindé Maia

REFLEXÃO

 

Salmos 5 Estudo:

Interpretação do Salmo 5

O quinto Salmo é de autoria do Rei Davi. Através de sua experiência de sofrimento, o rei expressa a sua aflição por perceber e ver os inimigos de multiplicarem no seu reinado. Na antiguidade, existia a crença que as pragas e maldições poderia alcançar aquele que fosse amaldiçoado, fazendo cair por terra os poderes divinos. Então, Davi está aflito com medo das acusações, mentiras e maledicências de seus adversários. O Salmo 5 pode ser dividido em 3 partes:

  • Oração ao Senhor pelo Livramento dos tempos difíceis (v. 1 a 6)
  • O desejo de louvar ao Senhor nos tempos difíceis (v. 7 a 9)
  • O anseio pelo juízo final nos tempos difíceis (v. 10 a 12)

Salmos 5

1 DÁ ouvidos às minhas palavras, ó Senhor, atende à minha meditação.

2 Atende à voz do meu clamor, Rei meu e Deus meu, pois a ti orarei.

3 Pela manhã ouvirás a minha voz, ó Senhor; pela manhã apresentarei a ti a minha oração, e vigiarei.

4 Porque tu não és um Deus que tenha prazer na iniquidade, nem contigo habitará o mal.

5 Os loucos não pararão à tua vista; odeias a todos os que praticam a maldade.

6 Destruirás aqueles que falam a mentira; o Senhor aborrecerá o homem sanguinário e fraudulento.

7 Porém eu entrarei em tua casa pela grandeza da tua benignidade; e em teu temor me inclinarei para o teu santo templo.

8 Senhor, guia-me na tua justiça, por causa dos meus inimigos; endireita diante de mim o teu caminho.

9 Porque não há retidão na boca deles; as suas entranhas são verdadeiras maldades, a sua garganta é um sepulcro aberto; lisonjeiam com a sua língua.

10 Declara-os culpados, ó Deus; caiam por seus próprios conselhos; lança-os fora por causa da multidão de suas transgressões, pois se rebelaram contra ti.

11 Porém alegrem-se todos os que confiam em ti; exultem eternamente, porquanto tu os defendes; e em ti se gloriem os que amam o teu nome.

12 Pois tu, Senhor, abençoarás ao justo; circundá-lo-ás da tua benevolência como de um escudo.