quinta-feira , 13 de dezembro de 2018
Home / Opinião / Reflexões Teológicas / Reflexões teológicas – Ricardo Alfredo
73

Reflexões teológicas – Ricardo Alfredo

PENSAMENTO I

“Quando alguém na vida é forçado a descer, lá em baixo, no fundo do poço, Deus estará esperando ele”. (Teólogo: Ricardo Alfredo)

 

OS EFEITOS DE UM NATAL SEM CRISTO

Começa o período das festas natalinas, e com ele, se dar início às comemorações humanista, (sem humanismo) e capitalista (com a ideia de consumismo selvagem), essas comemorações já tem em vista o ano novo que se apresenta e com ele as mensagens repletas de felicidade e amor, sem ações ativas, não quero ser pessimista, porem são mensagem vazias e de efeito social.

A história de natal, além de bela tem profundo significado para a humanidade. O primeiro natal aconteceu em Belém, com um anjo brando em forma de anuncio aos pastores ao dizer: “Não temais, eis que vos trago boa nova de grande alegria, que será para todo o povo: é que hoje vos nasceu, na cidade de Davi, o Salvador, que é Cristo, o Senhor” (Lc 2.11). A primeira mensagem de natal é única mensagem é nasceu o salvador que é Cristo Jesus.

O natal é o cumprimento de antigas profecias que indicava a encanação do verbo vivo, Jesus Cristo, ou seja, do Deus vivo vestido de humanidade. O natal é o próprio Deus, Senhor do tempo, entrado nele e se fazendo humano, por amor a humanidade. Natal anuncio a humanidade do coro celeste cantado aos homens: “Glórias a Deus nas maiores alturas e paz na terra entre os homens, a quem ele quer bem” (Lc 2.14).

Natal é a chegada do messias prometido. Do soberano do universo, andado como homem, falado como homem e vencendo as paixões como homem. Natal é a celebração da vida, a nova vida em sua plenitude.

Porem, o nosso natal é diferente, estranho, pois tem sido voltado ao deslumbramento das luzes, dos enfeites dos Shoppings, dos pinheiros e dos presentes. Assim como novos personagens como papai Noel, mamãe Noel, duendes e etc… Todavia o natal da solidariedade, do amor fraterno, da misericórdia e bondade estas esquecidas. Mais os banquetes, a bebedeira, e o comércio capitalista num consumismo desfreado, são lembrando e feitos de forma entusiástica.

A crise social, a crise de identidade, a crise politica, a crise moral, a crise da ordem e dos bons costumes tem levando a população a buscar valores que são passageiros, que são insignificantes para construção e formação de um verdadeiro ser humano. Mais o natal vem anunciado que o Rei chegou para mudar a situação e enxugar as lagrimas dos que sofrem.

O Natal vem nos dizer que o secularismo tem nos direcionados para uma estrada de loucura. Onde a busca pela liberdade a qualquer custo, tem levado crianças, jovens e adultos a vida sem sentido e sem felicidade. O filósofo Chesterton nos diz: O mau uso da liberdade nos leva a uma verdadeira desordem universal, de cujos efeitos todos nós padecemos.

O Natal anuncia a verdadeira libertação: “E conhecereis a verdade, e a verdade vos libertará”. (João 8:32). A sociedade julga que alcançou a liberdade, todavia, paradoxalmente nunca se percebeu tamanha infelicidade social e um mundo sem resposta para seus dramas e seus problemas, fruto da agonia da ambição e do eu.

Para ocorrer libertação da alma humana, é preciso compreender que: Será Natal quando o órfão encontrar uma família e um lar, quando a viúva for amparada, quando o morador de rua for colocado numa casa com dignidade, quando o perdão for para libertação, quando o amor superar todo preconceito, quando a bondade vença o ego, quando a fé nos leve ao centro da vontade de Deus.

Será natal quando, o Cristo vivo, encontrar lugar no nos corações. Pois é a partir Dele que os frutos do amor, do gozo, da paz, da longanimidade, da benignidade, da bondade, da fidelidade, da mansidão, do domínio próprio; contra estas coisas não há lei. (Gl 5:23), será semeador no vasto campo do coração humano.

Natal é um convite para está no abrigo de Deus que é Jesus Cristo, o verdadeiro Natal.

Feliz natal.

REFLEXÃO

Quando você perceber que há um esgotamento pela luta continua, e se sente pequeno diante da batalha, e teus olhos começarem a lagrimar, não tendo alguém que enxugue teu pranto silencioso… Eu estou ao teu lado para te consolar, mesmo que os tempos sejam difíceis.

Há dias, em que os amigos simplesmente, não podem serem encontrados. E nesses dias, em que as águas são turbulentas, eu serei a ponte para você atravessar.

Quando desânimo chegar ao teu coração e você se sentir sozinho, e a noite for mais escura, caindo sobre você duramente… Eu vou lhe confortar, com o meu amor e ficarei ao teu lado quando as trevas forem mais densas.

Navegue… Navegue… Navegue na vida e seja forte e valente, pois teus sonhos está há caminho, E Eu estou bem ao teu lado para te dizer: Não tenha medo, estou contigo. (Teólogo: Ricardo Alfredo)

 

UM HOMEM SÁBIO, UMA HISTÓRIA DE LUTA.

 

SEBASTIÃO VASCONCELOS DOS SANTOS
SEBASTIÃO VASCONCELOS DOS SANTOS

 

Sebastião Vasconcelos dos Santos nasceu no sitio carro quebrado, em 20 de janeiro de 1927, na cidade de Grossos, no estado do Rio Grande do Norte, sendo seus genitores o Sr. Artur Clementino dos Santos e Francisca Vasconcelos dos Santos.

Sua vida acadêmica inicia-se nos meados de 1939, na Escola Conselheiro Brito Guerra, na cidade de Areia Branca-RN.

Em 1942, já estava morando na cidade de Mossoró e estudando na Escola 30 de Setembro, onde concluiu o ensino primário, sendo em seguida, matriculado no Ginasial da Escola Técnica de Comércio União Caixeiral, permanecendo na Escola até a conclusão do Ginásio no ano de 1949.

No ano de 1951, entrou no curso de Direito de Alagoas com sede em Maceió. Que tinha como temática do curso as Ciências Politicas e Sociais. O qual foi concluído no de 1955, com louvores.

Sendo oriundo de família humilde, sempre teve que conciliar os estudos e o trabalho num esforço titânico, o que trás maior honra e dignidade ao um homem, que caminhou com seus próprios pés na escalada da vida, cheio de fé.

Exerceu inúmeras funções, como: Balconista na casa Mendes, Escriturário no Banco Mossoró, Datilógrafo na união caixeiral, Contador de varias empresas, sempre trabalhando no desenvolvimento social da cidade e se aprimorando para funções futuras.

Entre os anos de 1954 a 1956, assumiu o cargo de promotor de justiça adjunto na cidade de Apodi. Para mas tarde ser nomeado como Juiz na comarca de Grossos, Município de Areia Branca durante os anos de 1955 A 1960.

Em concurso realizado em Caraúbas, o Dr. Sebastião Vasconcelos, foi aprovado para ser escrivão e tabelião do 1° cartório de Mossoró (RN).

Através do critério de rodizio estabelecido na época, o Dr. Sebastião, assumiu em diversos períodos eleitorais a 34ª Zona Eleitoral, Mossoró-RN, como escrivão eleitoral.

Em 19 de Dezembro de 1960, assumiu a função de oficial geral de registro de imóveis tendo sua atuação até 20 de janeiro de 1997.

Na área educacional atuou como professor na escola técnica união Caixeiral no período de 1950 a 1952, ensinado as disciplinas de: contabilidade pública, contabilidade Bancária, Direito usual e contabilidade Mercantil.

Nos períodos compreendidos entre 1956 a 1960, passou a ser vice–diretor da escola técnica união Caixeiral.

Na sua inquietação filosófica e social, ainda foi presidente da Sociedade União Caixeiral de Mossoró entre os anos de 1961 a 1963, assim como assumiu a presidência da União dos artistas, durante o período de 1978 a 1979.

Já na década de 80, foi vice-presidente do clube Mossoroense da previdência.

Sua vida é a demonstração do desejo de vencer obstáculos em todas as áreas das quais buscou compreender e participar ativamente, ou seja, é definido por todos, como: um homem dinâmico, ativo e útil para sociedade.

Como bom pensando que era, e diante de tantas ocupações, ainda organizou um tempo dentro do tempo, para servir a maçonaria, especialmente à loja 24 de Junho da qual foi seu venerável.

Homem de ideias efervescentes, ainda ajudou a idealizar criar outra loja maçônica Jerônimo Rosado, ocorrendo sua fundação no dia 27 Agosto de 1977.

Foi membro fundador da AMOL, Academia Mossoroense de Letras, ocupando a cadeira 34, que tem como patrono o ilustre Prof. Abel Freire Coelho.  Que em nossos dias é ocupada por Ricardo Alfredo de Souza.

Ainda foi Membro do Conselho Técnico Administrativo da ESAM, que hoje recebe o nome de Ufersa (Universidade Federal Rural), Sócio correspondente do IHGRN e vice-presidente da Liga Mossoroense de Estudos e Combate ao Câncer.

Viveu praticando o bem e honrando os mais simples do povo e Partiu para eternidade a chamado do Rei Universal, e foi recebido como bom filho, para quem o reino estava preparado.

 

TRABALHOS PUBLICADOS

1- Os escravos na História de Mossoró. Período: 1833/1875 (arquivo do 1° Cartório – Mossoró). Col. Mossoroense, vol. CLXXI.

2- Inventários Mossoroense. Período: 1833/1862 (arquivo 1° cartório – Mossoró) Coleção Mossoroense. Vol. CXXX.

3- O Prof. Eduardo Campos, do Ceará escreveu o livro “A memória imperfeita” recorrendo aos “aspectos socioculturais dos Inventários da Ribeira de Mossoró”, através dos “inventários Mossoroenses”.

4- História da sociedade “união Caixeiral”, Criado no ano de 1911, sob o título “Sociedade União Caixeiral, uma instituição Beneficente, a serviço de Mossoró. Coleção Mossoroense, 1963.

5-  2° Livro – Os escravos na história de Mossoró. Período: 1876/1883.

6- Outros Livros Mossoroense. Período: 1863/1880, (arquivo 1/ Cartório – Mossoró). Coleção Mossoroense, Vol. CXXXIII, 1980.

7- Terceiros e Quarto Livros dos Inventários Mossoroense. Período: 1881/1901 e 1902/1930. Arquivo do 1º Cartório de Mossoró. Coleção Mossoroense, volumes: CLI e CCCXXV.

8- Quinto e Sexto Livros dos Inventários Mossorense. 1931/1941 e 1960/1985, do 1° Cartório – Mossoró. Coleção Mossoroense, volumes CCCXXXV e CDLXVIII.

INDICADA PARA MINISTRA

 

Damares Alves. (Foto: Facebook / Damares Alves)
Damares Alves. (Foto: Facebook / Damares Alves)

 

Damares Alves foi Convidada para ser Ministra dos Direitos Humanos, ela é Advogada, educadora, pastora evangélica e uma forte ativa do pró-vida e do pró-família no Congresso Nacional. O convite partiu do presidente eleito Jair Bolsonaro para ser ministra dos Direitos Humanos, numa pasta que incluiria ainda Mulheres e Igualdade Racial. De acordo aos seus amigos, ela ainda estuda se aceita o convite.

Caso aceite será a primeira vez na história que uma pastora e tradicional ocupará o cargo de ministra de Estado. Também será a segunda mulher dos ministérios do presidente eleito após Tereza Cristina (DEM/MS), indicada para a Agricultura.

 

CULTO FESTIVO DE SENHORAS

 

foto 03

 

Portalegre culto festivo de senhoras dia 9 de dezembro 2018. Convida a todos para adorarem juntos ao rei eterno.

 

ACONTECEU…

1- Morte em tribo isolada reabre debate sobre papel dos missionários;

2- Ameaçado de morte, pastor continuará pregando;

3- Estudantes cristãos recebem regras rígidas do governo chinês;

4Globo é condenada a exibir respostas de psicólogos sobre “cura gay”;

5- AD em São Vicente realizará o 7° Impacto Jovem.

 

EM DEZEMBRO LOUVOR COM FERNANDINHO EM MOSSORÓ

 

foto 04

 

O Cantor Fernandinho louvará no próximo dia (15), de Dezembro na cidade de Mossoró, o evento contará com a participação dos cantores Chagas Sobrinho e Júnior e Dércia ambos de Mossoró. O evento acontecerá na Casa Porcino Park Center.

IMPACTO JOVEM

 

71

 

A Igreja Evangélica Assembleia de Deus de São Vicente, realizará do 07 á 11 de Dezembro o 7° Impacto Jovem, o evento será liderado pelo Pastor Jesean Alves dos Santos.

O evento contará com a presença do cantor Robinson Monteiro de São Paulo, será comemorado o dia do evangélico de São Vicente.

A.D. MINISTÉRIO INTERNACIONAL DO GÚARA REALIZA O 6º AVIVA RINCÃO

 

72

 

RÁPIDAS DA SEMANA

1- Bolsonaro se encontra com assessor de Trump e debate “cooperação”;

2- Bancada evangélica desmente que haja “guerra” com Bolsonaro;

3- Cai o número de abortos nos Estados Unidos com a reação de grupos pró-vida;

4- Chanceler indicado por Bolsonaro promete se opor à ideologia de gênero e aborto até na ONU;

5- Trump se desculpou por conduta errada no passado e “defende a fé cristã”, diz pastor Franklin Graham;

6- Culto de celebração do centenário da Assembleia de Deus no RN reúne 30 mil fiéis em estádio;

7- templo da AD no bairro Ivan Bezerra II, em Parelhas (RN), teve o templo invadido e parte dos pertences incendiados;

8- Países islâmicos criticam Brasil por decisão de mudar embaixada para Jerusalém.  (Fonte: gospelprime)

 

MALAFAIA DIZ QUE É “APOIADOR INTRANSIGENTE, MAS NÃO SUBALTERNO” DE BOLSONARO

“Não tem uma ala evangélica disputando poder no governo Bolsonaro”, garante Malafaia

 

73

 

O bom combatente da fé, pastor Silas Malafaia concedeu uma entrevista ao programa do jornalista Mario Sérgio Conti, da Globo News. O pastor/líder e fundador do ministério Vitória em Cristo, fez uma analise das indicações do presidente eleito Jair Bolsonaro e lamentou que o senador Magno Malta (PR/ES) não tenha sido indicado para um ministério.

Ele analisa a situação de Magno Malta e lamenta que o amigo não tenha sido indicado como ministro. Ainda revelou que foi o magno que o convenceu a votar em Bolsonaro. Ainda acrescentou: “Sou um apoiador intransigente de Bolsonaro, mas não sou subalterno dele. Também não sou obrigado a concordar com tudo o que ele fala. Eu sou um ser inteligente e toda unanimidade é burra”.

 

PENSAMENTO II

“O justo viverá pela fé” (Romanos 1:17 – Bíblia)

 

CONVITEAssociação literária e artística de mulheres potiguares – ALAMP

 

 74

 

POEMA

CLÁSSICOS DAS POESIAS

Mudança

Olhe para mim…

Olhe para mim…

Eu estou mudando…

Tentando sempre que posso…

Estou mudando…

Serei melhor do que sou…

Estou tentando…

Encontrar uma maneira de entender.

Mas preciso de você…

Preciso de você…

Preciso de uma mão.

Eu… Estou mudando.

Vendo a coisas tão claras…

Eu…

Estou mudando.

Estou começando bem agora…

Bem aqui…

Estou esperando…

Pra colocar pra fora…

E eu sei que posso.

Mas, eu preciso de você…

Eu preciso de uma mão…

Toda minha vida…

Eu fui um tolo…

Quem disse que eu posso fazer tudo sozinho.

Quantos bons amigos eu deixei pela estrada, os perdi.

Tantas noites escuras eu tenho tido

Andando pelos caminhos errados…

Lá não havia nada a ser encontrado.

Todos aqueles anos na escuridão.

Podem fazer uma pessoa sombria.

Mas agora posso ver

Estou mudando…

Tentando sempre que posso…

Eu…

Estou mudando…

Serei melhor.

 

NOITE DE ADORAÇÃO NA AABB MOSSORÓ

Noite de AdorAção, acontecerá no Dia 8 de dezembro.O evento terá a participação da Banda Glorificar, e do Cantor Estefheson Carlos & Banda e muito mais!! Local determinado é a AABB (Av. Presidente Dutra em frente ao Banbinos).

 

75

 

PENSAMENTO III

“A minha fé tem me mantido vivo”. (Teólogo: Ricardo Alfredo)

 

DIA DO EVANGÉLICO

 

76

 

A cidade de viçosa/RN vai comemorar o dia do evangélico na sua praça central no dia 26 de dezembro às 19h. Será uma noite de louvor, adoração.

Presença já confirmada do pastor Alison Fernandes e o “projeto IDE” e Banda da cidade de Portalegre, após o culto, tradicional café da manhã.

A noite, grande culto com a participação do cantor e preletor da palavra de Deus, Denis Silva e a Banda Diante do Rei Jesus da cidade de Natal/RN. PARTICIPE

 

 

PENSAMENTO IV

“Em algum lugar há um sopro de tranquilidade e um mar de paz”. (Teólogo: Ricardo Alfredo)

 

REFLEXÃO

A teologia viva nos traz conselhos para a vida. Leia com zelo e guarde bem no coração e na mente.

 

A maldade humana e a Grandeza de Deus

Salmos 36

1 A transgressão do ímpio diz no íntimo do meu coração: Não há temor de Deus perante os seus olhos.

2 Porque em seus olhos se lisonjeia, até que a sua iniquidade se descubra ser detestável.

3 As palavras da sua boca são malícia e engano; deixou de entender e de fazer o bem.

4 Projeta a malícia na sua cama; põe-se no caminho que não é bom; não aborrece o mal.

5 A tua misericórdia, Senhor, está nos céus, e a tua fidelidade chega até às mais excelsas nuvens.

6 A tua justiça é como as grandes montanhas; os teus juízos são um grande abismo. Senhor, tu conservas os homens e os animais.

7 Quão preciosa é, ó Deus, a tua benignidade, pelo que os filhos dos homens se abrigam à sombra das tuas asas.

8 Eles se fartarão da gordura da tua casa, e os farás beber da corrente das tuas delícias;

9 Porque em ti está o manancial da vida; na tua luz veremos a luz.

10 Estende a tua benignidade sobre os que te conhecem, e a tua justiça sobre os retos de coração.

11 Não venha sobre mim o pé dos soberbos, e não me mova a mão dos ímpios.

12 Ali caem os que praticam a iniquidade; cairão, e não se poderão levantar.

 

Exegese

Assim como um vírus, a maldade tem se espalhado sobre a terra, e levado inúmeras pessoas a viver um estado semivegetativo provocado pela mente cauterizada.

O salmo 36 foi escrito pelo Rei Davi, e trata de uma triste situação que envolve a todos em algum momento da vida. Que a perseguição do ímpio sobre a o justificado.

Numa analise mais profunda podemos perceber que:

  1. Para o ímpio é inútil temer a Deus e no seu intimo acredita que jamais acontecerá punição pelas suas ações maldosas. (verso 01)
  2. O orgulho humano é tão doentio e o “eu” está tão dominante, que torna o ser incapaz de reconhecer de perceber sua vida destrutiva. (verso 02)
  3. Distante de Deus, o homem só encontra corrupção, vaidade, orgulho e iniquidade e suas palavras e ações são carregadas de Malícia e engano. O alerta do bom senso e do bem fora escurecidos, e sua mente não tem o desejo de praticar o bem. (verso 03)
  4. Com sua alma corrompida, sua mente planeja o mal. Sua mente apenas maquina perversidade e vingança. Mesmo deitado em seu leito estuda como fazer o mal. (verso 04)

Em contra ponto a maldade que se instalou no coração humano, o próprio Deus apresenta três características da sua bondade, da sua misericórdia e do seu amor no salmo 36, que são:

 

1- Nele há REFÚGIO e SEGURANÇA e suas asas são escudo e broquel.

 

2- Em sua presença há ABUNDANCIA E FARTURA. Assim como há provisão e há provisão, porque o nosso DEUS é o Jeovah-Jireh, o DEUS de toda provisão.

 

3- Ele nos convida para estamos e andamos em sua presença, mesmo sabendo que somos pó, ele nos ama.

 

PENSAMENTO IV

“Em todo lugar e qualquer situação Jesus é Emanuel, o Deus conosco”. (Bíblia Sagrada)