sexta-feira , 24 de novembro de 2017
Home / Destaques / Projetos de diversidade cultural têm até esta sexta para concorrer a financiamento da UNESCO
Desde 2010, o Fundo disponibilizou cerca de 5,8 milhões de dólares para o financiamento de 84 projetos em 49 países em desenvolvimento.(Foto: Facebook / Caravana dos Esportes / Célia Santos)
Desde 2010, o Fundo disponibilizou cerca de 5,8 milhões de dólares para o financiamento de 84 projetos em 49 países em desenvolvimento.(Foto: Facebook / Caravana dos Esportes / Célia Santos)

Projetos de diversidade cultural têm até esta sexta para concorrer a financiamento da UNESCO

Encerram nesta sexta-feira, 15 de abril, as inscrições para concorrer ao apoio do Fundo Internacional para a Diversidade Cultural, criado pela Organização das Nações Unidas para a Educação, a Ciência e a Cultura (UNESCO). Podem se  inscrever projetos que sejam desenvolvidos por instituições não governamentais nacionais e internacionais, além de organismos públicos que desenvolvam atividades de incentivo à pluralidade na Cultura.

O objetivo do Fundo é investir em iniciativas que provoquem mudanças estruturais nas comunidades, demonstrando o valor e as oportunidades que a cultura traz para os processos de desenvolvimento sustentável. Desde 2010, o Fundo disponibilizou cerca de 5,8 milhões de dólares para o financiamento de 84 projetos em 49 países em desenvolvimento.

O Brasil já teve dois projetos aprovados pela iniciativa da UNESCO. Em 2012, o Ponto de Cultura Vídeo nas Aldeias produziu programas infantis realizados por cineastas indígenas com recursos que chegaram a 97,5 mil dólares. Já o edital de 2013 aprovou o projeto “E-books Indígenas“, da organização não governamental Thydêwá, que recebeu recursos da ordem de quase 91 mil dólares ao longo de 2014.

O projeto buscava empoderar criadores indígenas de diferentes comunidades do Brasil por meio da promoção da participação dessas pessoas no setor de publicações digitais e da disseminação da Convenção sobre a Proteção e Promoção da Diversidade das Expressões Culturais. Este documento foi adotado em 2005 pela UNESCO e assinado pelo Brasil em 2007.

Para participar da sétima edição do Fundo, os interessados devem criar uma conta na Plataforma Online de candidaturas do Fundo e preencher o formulário de inscrição obrigatoriamente em inglês ou francês. A Plataforma está disponível em inglês e francês.

Além disso, ONGs nacionais e instituições públicas devem anexar à inscrição documentos oficiais e suas traduções, comprovando ser de um país signatário da Convenção de 2005. As ONGs internacionais precisam comprovar o seu caráter internacional e seu impacto regional, sub-regional ou inter-regional.

Os resultados da seleção serão divulgados até o dia 15 de dezembro desse ano e a implementação dos projetos e programas deve começar a partir de março de 2017.

Saiba aqui quais são os requisitos, o que é necessário para se candidatar e como funciona o processo de seleção.

Dicas sobre como preparar uma boa candidatura estão disponíveis aqui (em inglês).

Fonte: ONU Brasil.