quinta-feira , 21 de novembro de 2019
Home / Destaques / Polícia prende suspeitos do assassinato da turismóloga que tentou salvar filha durante assalto
Gizela Mousinho Paiva foi  morta enquanto tentava retirar a filha de veículo (Foto: arquivo pessoal)
Gizela Mousinho Paiva foi morta enquanto tentava retirar a filha de veículo (Foto: arquivo pessoal)

Polícia prende suspeitos do assassinato da turismóloga que tentou salvar filha durante assalto

A Polícia Civil do Rio Grande do Norte anunciou na manhã desta segunda-feira, 11, que prendeu dois suspeitos de terem participado no assalto que culminou na morte da turismóloga Gizela Mousinho Paiva da Silva, de 43 anos no dia 02 de janeiro deste ano. A mulher foi baleada quando abriu a porta do carro que estava sendo roubado, a fim de resgatar a filha do veículo.

O crime ocorreu em frente a uma padaria no bairro de Lagoa Nova, em Natal e, de acordo com a Polícia Militar, foi realizado por um trio composto por um homem e duas mulheres. Os assaltantes chegaram a pé e o tiro contra Gizela Mousinho foi disparado por uma das mulheres do grupo. O carro foi encontrado no bairro de Cidade da Esperança, na Zona Oeste da cidade poucas horas após a morte da turismóloga.

Mais informações sobre as investigações e as prisões dos suspeitos devem ser apresentadas ao público durante entrevista coletiva pela Polícia Civil ainda na manhã desta segunda-feira em Natal.