quinta-feira , 13 de dezembro de 2018
Home / Artigos / Partido Português pede “fim da perseguição” a Lula
lula1-594x390

Partido Português pede “fim da perseguição” a Lula

O Partido Comunista Português expressou neste domingo indignação com a decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de negar o registro de candidatura à presidência de Luiz Inácio Lula da Silva e pediu para “acabar com a perseguição” contra o ex-presidente brasileiro.

“A decisão do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) de excluir Lula da Silva como candidato às eleições presidenciais no Brasil insere-se num processo político que, sob a capa de uma “justiça” reconhecidamente comprometida com o golpe de Estado institucional – iniciado em 2016, com a destituição da legítima presidente Dilma Rousseff -, procura impedir, de forma arbitrária, que este seja candidato nas eleições que acontecem em 7 de outubro”, diz a nota.

Ainda conforme o texto, o partido diz reafirmar a posição de profunda indignação e pede o “fim da perseguição a Lula da Silva”, além de demonstrar “solidariedade para com a luta dos trabalhadores e do povo brasileiro em defesa da soberania, dos direitos, da democracia no Brasil e contra um poder golpista”.

A maioria dos ministros do Tribunal Superior Eleitoral (TSE) decidiu rejeitar o registro da candidatura de Lula à presidência para as próximas eleições. O ex-presidente está preso desde abril na Superintendência da Polícia Federal, em Curitiba, por corrupção passiva e lavagem de dinheiro. A defesa de Lula pode recorrer ao próprio TSE ou ao Supremo Tribunal Federal (STF), mas neste último caso ele já não poderia se apresentar às eleições.

 

Agência EFE