Home / Destaques / Notas da Redação

Notas da Redação

SAÚDE

thumb-esclarecimento-sobre-leitos-no-sus-21-10-2014-6-54-4-216

Politizar o debate sobre a crise existente na saúde, em Mossoró, sobretudo à falta de condições de atendimento no Hospital Regional Tarcísio Maia é prestar um desserviço à população.

RISCO

O problema é real e continua a dificuldade em transferir pacientes em estado grave, atendidos nas UPAs, para o HRTM. A situação é difícil e independe de quem esteja à frente do governo do estado, da secretaria estadual de saúde ou na direção do próprio hospital.

PIORA

Em pouco tempo, o quadro ficará insustentável, se não chegarem investimentos maciços para a ampliação do próprio HRTM ou a construção de um novo hospital para o atendimento dos casos de maior urgência.

CIDADES

Além de pacientes vindos de outros municípios, cardiologistas locais também encaminham seus pacientes para as UPAs para que possam ser regulados para o HRTM. Eles podem até ter condições de pagar a consulta, mas não têm recursos para o custeio de uma hospitalização.

VERBAS

O governo federal liberou R$ 5,5 milhões em verbas de bancada para 11 hospitais públicos no Rio Grande do Norte. Entre os beneficiados está o Hospital Regional Tarcísio Maia, em Mossoró.

COMITÊ

Secretaria de Estado da Saúde Pública vai reativar o Comitê de Enfrentamento às Emergências em Saúde Pública de Importância Estadual e discutir estratégias para se antecipar à ocorrência de possíveis casos suspeitos de coronavírus e diferentes doenças transmissíveis no RN.

PLANOS

Por lei, os planos de saúde são obrigados a reembolsar o SUS quando seus usuários são atendidos pela rede pública. O reembolso é cobrado por internações e atendimentos de média e alta complexidade.

FATURA

O SUS já cobrou R$ 5,7 bilhões dos planos, desde 2001 a 2019. Até agora, R$ 1,7 bilhão não foi pago. De 2001 a 2018, o SUS realizou mais de 6 milhões de atendimentos a pessoas com plano de saúde. A principal causa de atendimento foi o câncer de mama.

RESERVATÓRIOS

A barragem Armando Ribeiro Gonçalves, maior manancial do Estado, acumula 537.608.759 m³, 22,65% do seu volume total. Santa Cruz, o segundo maior reservatório do Estado, está com 18,52% da sua capacidade. A previsão é que o inverno deste ano será normal.

PAVIMENTAÇÃO

A prefeitura de Mossoró iniciou programa de pavimentação em várias ruas da cidade. Ontem, a prefeita Rosalba Ciarlini visitou as obras na rua Raimunda Maria de Souza, no Sumaré, bairro que receberá cerca de 10 mil metros quadrados de pavimentação a paralelepípedo.

ATRASADOS

O mossoroense Marcelo Rosado, representante das entidades empresariais cobra da governadora Fátima cumprimento de acordo para pagamento das dívidas inscritas em “restos a pagar”, considerado pelo governo um dos maiores problemas fiscais do orçamento.