quarta-feira , 18 de setembro de 2019
Home / Destaques / Notas da Redação

Notas da Redação

INDEPENDÊNCIA

Foto Agência Brasil
Foto Agência Brasil

No primeiro ano do governo Jair Bolsonaro acreditava-se que as comemorações do 7 de Setembro, data da Declaração da Independência do Brasil, ganharia uma dimensão grandiosa. Não foi o que aconteceu, nem em Brasília nem nos demais estados da federação.

CRÍTICAS
No Ministério da Defesa, há reclamações do tratamento dispensado pela gestão Bolsonaro, que promove redução drástica em projetos prioritários para os militares no orçamento de 2020. Ações importantes da Marinha, Exército e Aeronáutico ficaram sem nenhum centavo previsto para o próximo ano.

DESFILE
Em Mossoró, a prefeitura municipal elaborou programação para registrar a passagem da Independência do Brasil, com hasteamento de bandeira e desfile cívico, com participação de entidades civis e militares.

SAÚDE
A Secretaria Municipal de Saúde vai realizar nos dias 17, 18 e 23 deste mês licitações para compra de medicamentos, cerca de R$ 80 milhões, que vão garantir abastecimento regular das Unidades de Serviços de Saúde do Município até o fim do próximo ano.

PROJEÇÃO
A Secretaria de Saúde de Mossoró está produzindo vídeos de experiências exitosas dos serviços ofertados na cidade. As matérias serão exibidas nos intervalos dos programas do Canal Saúde, canal de televisão do Sistema Único de Saúde (SUS), exibido para todo país.

AVANTE
Confirmado para o próximo dia 13 de setembro a filiação da vereadora Aline Couto ao AVANTE. A reunião será no Hotel Vila Oeste e contará com a presença de Karla Veruska, presidente estadual do partido.

CLÁUDIA
Com a aprovação de projeto de lei que altera a legislação sobre elegibilidade e inelegibilidade no país, a ex-prefeita Cláudia Regina que estaria inelegível em 2020 poderá disputar a prefeitura de Mossoró. Pelo texto aprovado, valerá a data da posse, e não o da eleição.

SERVIDORES
Os servidores públicos estaduais estão irritados com a indiferença da governadora Fátima em relação ao pagamento dos salários atrasados e 13º salário de 2018. O pagamento referente ao seu governo privilegia seus auxiliares que estão com salários rigorosamente em dia.

EXTRAS
Faltando quatro meses para terminar o ano de 2019, Fátima Bezerra insiste que só terá condições de pagar os salários dos servidores em atraso caso o Estado obtenha receitas extraordinárias. Diz estar trabalhando nesse sentido, mas não existe garantia de sucesso.

RETROVISOR
Ressaltando as dificuldades, a governadora Fátima Bezerra lembra que “A gestão anterior teve acesso a receitas extras, R$ 1 bilhão do fundo previdenciário, R$ 700 milhões da repatriação e R$ 400 milhões do Ministério da Saúde.

PRESTIDIGITAÇÃO
“Não tenho como fazer mágica, disse a governadora que, segundo ela, até o presente momento não recebeu nenhuma receita adicional. “Tivemos, inclusive, tombo, qu4da nas receitas, no período de junho a julho”, ressaltou.

CONTESTAÇÃO
Embora o PSDB tenha apoiado a administração estadual, o deputado estadual Gustavo Carvalho (PSDB), se posiciona contrário à abertura de capital da CAERN a fim de obter recursos para investimentos. Para ele, o Estado “não tem credibilidade”.

ANIMAIS
A Câmara Municipal de Natal realizou audiência pública para debater a implementação de leis que tratam sobre a saúde do município, com destaque para a saúde animal. As leis são de autoria da vereadora Nina Souza (PDT).