sexta-feira , 19 de abril de 2019
Home / Destaques / Notas da Redação

Notas da Redação

STYVENSON

capitão Styvenson Valentim

Eleito senador, o Capitão Styvenson anunciou, em 9 de novembro de 2018, como inovação política no seu mandato, a realização processo seletivo para indicação dos seus assessores no gabinete parlamentar. O fato foi elogiado pelos que militam na política potiguar.

NOMEAÇÕES
O senador Styvenson, até ontem, havia nomeado 12 assessores de gabinete, sem que nenhum estivesse na relação dos oito que foram aprovados pela comissão por ele instituída com essa finalidade. Por conta da repercussão nas redes sociais, nomeou o primeiro, entre os selecionados.

PROCISSÃO
A procissão de São José, em Angicos sempre foi a que contou com o maior número de políticos, talvez pela tradição de comparecimento mantida pela família Alves ao longo dos anos. Na de ontem, estiveram homenageando o padroeiro o ex-senador Garibaldi Filho, a governadora Fátima Bezerra e a prefeita de Mossoró, Rosalba Ciarlini.

SOLIDARIEDADE
Causa estranheza o fato de o SINTE haver solidarizado-se com a greve patrocinado pelo SINDISERPRUM, em Mossoró e permanecer silente em relação aos professores de Natal. 1) o teto pago aos professores em Mossoró é maior que o recebido pelos professores em Natal. 2) os salários dos professores, em Mossoró estão em dia enquanto em Natal tem débito de 2018.

SENADO
O ex-governador Robinson Faria não acredita no sucesso administrativo da governadora Fátima Bezerra. Acredita que, em muito pouco tempo, será grande o número de eleitores com saudades de sua gestão. Por isso, admite disputar o cargo de senador em 2022.

BABEL
O PT é formado por tendências que constituem grupos isolados dentro do partido, mas que, passada a refrega, se unem nas decisões partidárias. O governo de Fátima está constituído por essas tendências, além dos partidos conservadores que lhe apoiaram. A administração está uma verdadeira Babel.

VAZAMENTO
Outra consequência dessa formação administrativa é o vazamento constante de tudo que se passa na Governadoria e no Centro Administrativo, sem que se consiga identificar os responsáveis pela “sabotagem” à governadora.

TOGA
Foi protocolado, ontem (19), o pedido de instalação da CPI da Lava Toga no Senado, com a assinatura de 29 senadores. Do Rio Grande do Norte, apenas o senador Styvenson assinou o requerimento. Resta saber porque os senadores Zenaide Maia e Jean-Paul não apoiaram.

ALCOLUMBRE
O presidente do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), discorda da CPI da Lava Toga alegando que “uma CPI do Judiciário não vai fazer bem para o Brasil. O país não pode criar um conflito entre as instituições”. Acredita também que essa CPI prejudicará a votação da reforma da Previdência.

SUCESSÃO
Mossoró sempre foi considerada a cidade onde só se respira política. Desta vez, porém, a discussão sobre sucessão municipal está mais avançada em Natal que na Capital do Oeste. O motivo ´principal é a desarticulação da oposição na cidade.